home Sem categoria Tudo sobre gestão de projetos em TI

Tudo sobre gestão de projetos em TI

Todos os projetos em TI possuem uma série de fatores envolvidos para sua execução. No entanto, para evitar que diversas características influenciem negativamente no sucesso da iniciativa, é preciso trabalhar com estratégias para realizar a gestão de projetos de TI de maneira eficiente e eficaz.

Neste artigo, para que você entenda tudo sobre essa função essencial para o sucesso de um projeto, compilamos tudo que você precisa saber para trabalhar nessa área. Continue a leitura!

O que é Gestão de Projetos de TI

A gestão de projetos de TI engloba todas as estratégias aplicadas para garantir o andamento e a viabilidade do trabalho de determinada equipe no desenvolvimento de uma solução.

Como já podemos perceber, não é um desafio fácil. Mesmo que seja feito você trace todo o caminho do projeto, é preciso acompanhar o cotidiano nos detalhes e orientar o desenvolvimento para atingir os melhores resultados.

Por onde começar com a gestão de projetos de TI

Ainda assim, a melhor maneira de começar é com bastante planejamento, definindo um processo estratégico, envolvendo todas as equipes e setores necessários para viabilidade do projeto.

A escolha de uma metodologia de trabalho também é muito importante. Metodologias tradicionais funcionam melhor para projetos robustos e completamente definidos. Já as metodologias ágeis são excelentes escolhas para projetos que demandam alta flexibilidade e precisam de entregas constantes.

Para facilitar a definição, vamos elencar em tópicos algumas dicas para otimizar esse processo, sintetizando as ideias que já mencionamos anteriormente. Confira:

1. Defina a metodologia de trabalho

Como já ponderamos anteriormente, métodos tradicionais e ágeis se aplicam a diferentes situações. Avalie o pode funcionar melhor para a estrutura da sua empresa e do projeto.

É preciso que todas as equipes conheçam bem a metodologia e consigam aplicar da maneira adequada. Também é importante focar em apenas uma, para garantir a padronização dos processos do início ao fim do processo. 

Veja algumas das metologias mais utilizadas no mercado:

  • Modelo em cascada
  • Híbrido
  • Método do caminho crítico
  • Método da corrente crítica
  • Scrum

Scrum é uma metodologia que tem ganhado bastante visibilidade nos últimos anos. Inclusive, essa é a que adotamos na Cedro Technologies. O desenvolvimento é feito em ciclos curtos chamados de sprints e o foco é dados nas melhorias contínuas de uma solução e sempre fazer entregas de produtos ou serviços viáveis desde o início. Inicialmente, esse método foi desenvolvido para aplicação unicamente no desenvolvimento de software. Hoje em dia, no entanto, pode ser aplicado virtualmente em qualquer área.

2. Planeje nos mínimos detalhes

Com um planejamento bem estruturado, seu projeto já está no caminho certo para ser bem desenvolvido. Por isso, essa fase é crucial. Considere todos os aspectos, atente-se aos mínimos detalhes, defina um cronograma factível que esteja em consonância com o trabalho do seu time e com as exigências do projeto.

A avaliação durante o andamento do projeto também é necessária. Trabalhe, portanto, com a análise de métricas para garantir que o desenvolvimento está seguindo as expectativas.

Seu cliente (seja interno ou externo) precisa estar a par do andamento do projeto desde essa fase de definições para garantir que o solução está sendo desenvolvida de acordo com suas expectativas e direcionamentos.

3. Conte com a presença de competências diversas

Seu projeto precisa ser diversificado e contar com a colaboração de profissionais de diferentes áreas, não apenas da equipe de TI.

Se a solução que sua equipe está desenvolvendo passa por questões financeiras, essa equipe deve participar das definições dos processos pois atinge diretamente o seu trabalho.

A área de UX também deve integrar o projeto para a definição de todas as características para garantir uma boa experiência do usuário e uma interface intuitiva. 

Todos essas participações devem estar incluídas desde a fase de planejamento e cronograma do projeto.

4. Acompanhe os riscos e preveja mudanças

Qualquer projeto que está sendo desenvolvido pode ter problemas no seu andamento. Por mais que seu planejamento seja impecável, pode estar sujeito a mudanças. Muito raramente isso não irá ocorrer. No entanto, é preciso evitar que esses riscos comprometam a execução de atividades.

A capacidade do gestor de antecipar a necessidade de mudanças e desenvolver alternativas para solucionar as adversidades, reduzindo os danos, garante o sucesso do projeto. Estudar outros projetos executados pela empresa anteriormente ajuda a entender em quais momentos falhas costumam ocorrer. Essa é uma excelente maneira de encontrar padrões e definir ações preventivas. Assim, é possível contornar as dificuldades e continuar o desenvolvimento com tranquilidade.

Ainda na fase de planejamento, é importante listar quais riscos podem estar atrelados a cada fase do projeto, como orçamento e outros problemas comuns. Se algum novo risco surgir, envolva sua equipe para buscar soluções e auxiliar o gestor na definição das alternativas.

5. Estimule uma boa comunicação entre os profissionais e times envolvidos

Para conseguir prevenir riscos e garantir a sequência do planejamento, é preciso que haja uma boa comunicação entre toda a equipe. Má comunicação é um dos principais fatores para o fracasso do projeto.

Todos os participantes devem acessar facilmente ao planejamento e ao cronograma, tirar dúvidas a qualquer instante. Busque utilizar ferramentas que facilitam a comunicação de maneira ágil e que seja um registro das interações, facilitando a consulta para dúvidas. Incentive os membros da equipe a informar as etapas durante o andamento de suas atividades e sempre passar qualquer dúvida ou dificuldade que perceba.

Quais as características que um gestor de projetos de TI precisa desenvolver

Habilidades técnicas são importantes para o trabalho de um gestor de projetos. No entanto, as soft skills também são vitais para o sucesso do profissional. Veja características que precisam ser desenvolvidas para ter êxito nessa profissão: 

Liderança

Essa característica não diz respeito apenas a capacidade de supervisionar e coordenar a realização de tarefas. Abarca também a capacidade de mapear o projeto e compartilhar com clareza sua visão sobre os processos. Relacionar-se bem com sua equipe também é fundamental para ter sucesso como resultado final.

Organização

Um gestor de projetos pode ser tido como um profissional multitarefas, mas é vital para o desenvolvimento a sua capacidade de organização. Esse profissional precisa alinhar o andamento das tarefas com o objetivo final.

Priorização

Como deve saber organizar bem o andamento do projeto, também precisa lidar com a priorização de demandas e riscos que sempre podem ser envolvidos no andamento do desenvolvimento. Por isso, precisa ter uma capacidade analítica e estratégica para entender a ordem de importância das atividades e a gestão do tempo necessário.

Comunicação

O gestor de projetos precisa se comunicar muito bem com sua equipe de desenvolvimento e também com o seu cliente (externo ou interno). Por isso, precisam saber manter um fluxo livre de informações e evitar qualquer engasgos no entendimento das demandas e entregas.

Motivação

O andamento de projetos pode ser estressantes e difíceis, especialmente quando está se aproximando o prazo final para entrega. O gestor de projetos deve, portanto, assegurar que todos estão motivados. Para isso, esse profissional precisa conseguir: criar um ambiente de trabalho criativo e colaborativo, elogiar as entregas de bons trabalhos e realizar atividades para o desenvolvimento de equipes que aproximam os colaboradores.

Formação profissional de um gestor de projetos de TI

Um gestor de projetos de TI pode ter vários backgrounds diferentes de formação. É comum encontrar profissional com graduação em cursos relacionados a tecnologia (sistemas de informação, análise de sistemas, ciência da computação, engenharia) e até administração.

Existem diversos cursos de pós-graduação, especialização e MBAs disponíveis no mercado para Gestão de Projetos. Além de enriquecer o currículo, também permitem a possibilidade de expandir seu networking na área.

Certificações na área também são importantes para mostrar a preocupação do profissional em se manter atualizado. Veja algumas das certificações mais conhecidas:

  • PMP: Project Management Professional
  • CAPM: Certified Associate in Project Management
  • CSM: Certified Scrum Master
  • CompTIA Project+ Certification
  • PRINCE2 Foundation/PRINCE2 Practitioner
  • CPMP: Certified Project Management Practitioner
  • Associate in Project Management
  • MPM: Master Project Manager
  • PPM: Professional in Project Management
  • PMITS: Project Management in IT Security
  • Certified Project Director

Como podemos ver, a profissão de gestor de projetos de TI é complexa e exibe muitas habilidades profissionais e pessoais para o conquistar sucesso na área. Informação e conhecimento são grandes auxiliares para continuar explorando e crescendo esse cenário. Continue acompanhando o blog da Cedro para ficar por dentro das tendências da área, os conceitos importantes e os destaques do mercado. 

Gostou? Compartilhe:

Delzilaine Andrade Silva Oliveira

Delzilaine Andrade Silva Oliveira

Executiva Especialista em Serviços de TI, Quality Assurance e DEvOPs na Cedro Technologies.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *