Tecnologia na saúde e como chatbots ajudam nesse cenário.

O uso da tecnologia na saúde sempre foi importante na busca por diagnósticos mais precisos e atendimentos mais rápidos, mas desde os primeiros casos de contaminados pela COVID- 19, ela tornou-se fundamental.

Até o início de 2020, a telemedicina não era aceita no Brasil, porém passou a ser regulamentada como alternativa para prevenir idas desnecessárias ao hospital, salas de espera cheias e contribuir com o isolamento social. 

Agora, um ano após o início da pandemia, os benefícios do investimento em tecnologia na saúde já se mostram muito positivos e já estão presentes em iniciativas bastante variadas. 

Dentre os vários formatos de telemedicina, a união entre chatbot e saúde tem sido uma estratégia bastante disruptiva e versátil, contribuindo para a digitalização da medicina de várias formas diferentes. 

Continue a leitura do post para entender melhor o cenário da telemedicina durante a pandemia, novas iniciativas disruptivas na área e de que forma o uso dos chatbots têm sido uma excelente escolha!

 

A contribuição da tecnologia na saúde durante a pandemia

Como dissemos nesta introdução, a telemedicina, que já era amplamente aceita em países da América do Norte e Japão, mostrou-se uma estratégia fundamental na luta contra a Covid-19. O Brasil, assim como toda a América Latina, sempre foi reticente em relação a este tipo de uso da tecnologia na saúde, mas o crescimento durante a pandemia mostra que esta visão está mudando rápido.

De acordo com esta publicação da Global Summit Telemedicine & Digital Health 2021, a previsão para o mercado de telemedicina na América Latina passará de US$ 1,6 bilhão em 2018 para US$ 3,5 bilhões em 2023. 

Esta publicação também mostra que as iniciativas de telemedicina vão muito além das consultas on-line. A Memed, ferramenta que possibilita prescrições médicas digitais sem o envolvimento de encontros presenciais, notou um crescimento expressivo de emissões. De 2,5 milhões de prescrições durante todo o ano de 2019, para atualmente mais de 1,5 milhão por dia. A receita digital, que era uma realidade em diversos outros países desde os anos 90, só se popularizou no Brasil em 2020.

Outra iniciativa bastante promissora está relacionada aos atendimentos psicológicos e psiquiátricos a distância. A startup Conexa Saúde, por exemplo, tem sido responsável por realizar até 2 mil atendimentos psicológicos por dia. 

Um sinal bastante positivo de que a população só tem a ganhar ao investir em tecnologia na saúde, não é mesmo?

Como as novas tecnologias vem ajudando

Seja em relação aos atendimentos on-line ou receitas digitais, a tecnologia sempre foi e sempre será fundamental para levar mais qualidade de vida às pessoas, assim como redução de custos a todo o ecossistema de saúde. 

E, neste segundo caso, o uso de novas tecnologias tem sido responsável por criar soluções inovadoras, capazes de captar dados em tempo real e compartilhar informações e imagens para diagnósticos rápidos e precisos. 

Vamos citar algumas disrupções da medicina proporcionadas pelas tecnologias emergentes:

Prevenção de quedas

Atualmente, o mercado da saúde já disponibiliza dispositivos que monitoram a população da terceira idade ou que tenham dificuldades de locomoção. Por meio da coleta de dados físicos e atividades individuais, a ferramenta emite alertas de quedas via conexão wireless, agilizando cuidados médicos e idas à emergência.      

Prevenção de cegueira em decorrência da diabetes

De acordo com este post da Telemedicina Morsch, cerca de 12 milhões de brasileiros têm diabetes, doença causadora do maior índice de cegueira do mundo. Para evitar idas a consultórios, assim como o desconforto causado pelo exame tradicional que diagnostica a retinoplastia diabética, uma tecnologia óptica foi desenvolvida. Ela é capaz de colher o exame sem desconforto e ainda envia as imagens via web, que podem ser analisadas posteriormente por um especialista.  

Cirurgias robóticas a distância

O uso da rede 5G como tecnologia para saúde tem se mostrado promissor na execução de cirurgias robóticas a distância. É claro que todas as cirurgias ainda terão de contar com o apoio de um cirurgião especialista humano, porém este tipo de cirurgia executada por robôs poderá trazer muitos benefícios como menor estresse cirúrgico, maior precisão, recuperação e cicatrização mais rápidos, menor chance de sangramentos graves, entre outros.   

Chatbots inteligentes 

A união de chatbots e saúde, principalmente as ferramentas inteligentes, suportadas por IA e machine learning, é bastante ampla e inovadora. Atualmente inúmeros centros médicos e hospitalares já utilizam chatbots no agendamento de consultas e exames. Porém este método, no início, nem sempre foi muito popular, principalmente por não permitir interações entre canal de comunicação e paciente. 

Contudo, os chatbots baseados em inteligência artificial acabaram se tornando um canal aberto e facilitado, proporcionando muito mais do que o simples envio de informações por SMS. Além disso, este tipo de tecnologia na saúde já executa várias outras ações, como identificação de sintomas, auxílio em triagens, envio de notificações com lembretes de exames ou consultas, autoatendimento, entre outros.

Outros benefícios do uso de chatbots

Independentemente do segmento da corporação, seja ela uma empresa de tecnologia, da área de saúde, instituição financeira ou qualquer outra, contar com a ajuda de um chatbot é essencial. O uso desta tecnologia acaba executando funções e diminuindo a sobrecarga de equipes porque pode ser treinada e configurada para atuar exatamente como um humano, porém mais rápido e 24/7.

Para ajudar gestores e líderes que querem integrar este tipo de solução em suas empresas, mas têm medo da complicação, a Cedro Technologies desenvolveu a plataforma PEOPLE. 

Esta solução já tem sido responsável por mais de 3 milhões de interações mensais, integrada nos principais canais de comunicação, melhorando a experiência dos clientes e proporcionando um acompanhamento de métricas e relatórios em tempo real.

Conheça a plataforma de comunicação PEOPLE!