home Sem categoria Scrum: entenda o que esse framework ágil pode fazer pelo seu time!

Scrum: entenda o que esse framework ágil pode fazer pelo seu time!

Com a transformação digital, diferentes métodos de trabalho foram criados para atender as demandas de desenvolvimento de produtos. As metodologias ágeis são a opção adotada por diversas equipes de TI para a gestão de projetos. Entre elas, o framework Scrum é muito eficiente para organizar as tarefas de cada um do time, monitorar as atividades em andamento, obter aprendizados a cada ciclo e consequentemente aumentar a velocidade das entregas, sempre alinhado com o cliente, com o objetivo de agregar valor ao negócio.

Ao longo deste post, vamos ver mais detalhes sobre um dos métodos ágeis tão eficiente para os times de TI.

O que são sprints?

Sprints são ciclos com tempo pré definido, compreendido entre 1 a 4 semanas, cujo foco é realizar entregas no final de cada ciclo.

Através das Sprints, que compõem o framework Scrum, o time  desenvolve as melhores estratégias para o desenvolvimento do produto como um todo. O processo começa com as reuniões de planejamento para definir os objetivos e distribuir as tarefas. Dentro de uma sprint são realizadas algumas cerimônias como planning, dailys, reviews e retrospectivas.

Por que a reunião de planejamento de Sprint é importante?

A planning é uma das cerimônias fundamentais do Scrum, pois é durante a mesma que o time se compromete com o objetivo que deve ser cumprido por todos durante a Sprint.

Para aproveitar ao máximo o comprometimento do time, é preciso fazer um planejamento com o engajamento de todos e definir o que vai entrar na Sprint e o que irá compor o pacote entregável para o cliente no final da mesma.

Antes da reunião, todo o Time (Dev, AR, QA) deverá ter compreendido, sob o ponto de vista do negócio, o que irá ser discutido para ser implementado. O analista de requisitos tem um papel fundamental nesse momento, pois esclarece as dúvidas dos desenvolvedores. Os analistas de testes compreendem o que deverão testar após a conclusão do desenvolvimento, para que ao final da sprint, o ciclo se feche com um pacote funcional e disponível para o cliente.

Durante a planning as tarefas são distribuídas, cada membro realiza sua estimativa de tempo. E para os times que possuem membros com os mesmos skills é possível, fomentar discussões sobre a forma como solucionar determinado problema. O caminho mais fácil, desde que atenda aos requisitos de negócio e segurança, são sempre os mais aderidos.

O scrum master é responsável por conduzir toda a reunião. Nesse momento, ciente do capacity do time, distribuirá as atividades e consolidará o tempo total que cada membro poderá dedicar as atividades.

O mais importante da planning é consolidar o sprint’s goals. Todos os membros do time deverão se comprometer, desde que a meta seja possível de ser atingida.

Como conduzir uma reunião da melhor maneira possível

As reuniões de planejamento devem ter um tempo pré definido, para que todos possam colaborar dentro do tempo determinado.

Preparação

Toda Sprint parte de um Backlog priorizado, que funciona como uma espécie de lista de itens importantes, sob o ponto de vista do negócio, para ser desenvolido pelo time.  O Product Owner deve apresentar os objetivos daquela Sprint para facilitar na escolha dos itens que serão executados.

O próximo passo é avaliar cada um dos itens de acordo com os itens priorizados e definir quais vão entrar para nessa ou na próxima Sprint. Essa etapa faz parte do planejamento e deve alinhar o que será feito e o como será feito.

Avaliação dos temas que serão discutidos

Para definir quais temas vão entrar na Sprint, o time precisa levar em conta o tempo necessário para desenvolver cada atividade. É preciso adotar maneiras de priorizar as tarefas e entender o que é urgente naquele momento e o que pode ser feito mais tarde.

Uma dica é atribuir uma pontuação para cada item da lista do backlog de acordo com a prioridade e a dificuldade. A partir disso, defina as tarefas da Sprint. Com isso, você evita que a equipe fique sobrecarregada ou que inclua na Sprint itens que não serão entregues por falta de tempo.

Organização

Para definir o melhor horário das reuniões de planejamento das Sprints, é necessário levar em consideração quando a sprint começa e termina. Se a sprint possui um time box definido de 15 dias, e começa sempre as segundas, o ideal é que a planning seja no primeiro dia da sprint.

O planejamento da Sprint deve ser dividido em duas partes, normalmente, com quatro horas de duração cada. A primeira é utilizada para definir as atividades que vão sair do Backlog e entrar em execução. Já a segunda é feita para discutir como será feita essa execução, ou seja, quais são as sub-tarefas a serem feitas para atingir a meta proposta.

Ao final de cada Sprint, a equipe faz uma Sprint Review, revisando o que foi feito naquela para levantar os feedbacks sobre o produto em desenvolvimento e priorizar as novas tarefas. Aquilo que não puder ser executado durante essa Sprint, fica no Backlog para ser executado posteriormente.

Como fazer a Sprint em caso de home office?

O home office é uma realidade para muitos que trabalham na área de TI.O framework scrum pode executar facilmente na modalidade de home office, desde que o time tenha uma comunicação coesa e alinhada com o propósito definido. É importante ter uma ferramenta online para que seja possível visualizar o estágio das atividades.

As dailys têm mais importância ainda nesse momento, pois o time longe, exige mais cuidado ainda com a comunicação. E no caso do Scrum master, ele precisa estar atento aos possíveis impedimentos para tratar o mais rápido possível. O princípio é o mesmo: reunir o time na hora combinada para discutir sobre o que foi feito e planejar as atividades do dia.

Para isso, a equipe deve fazer uma reunião virtual. Hoje, com plataformas como o Google Hangouts e o Zoom, essas reuniões são facilitadas e permitem que todas as cerimônias do Scrum sejam feitas de casa.

Além disso, para fazer o acompanhamento das tarefas realizadas pelos colaboradores que estão no trabalho remoto, existem diversos sistemas para controle da produtividade, como o Trello e o redmine. Assim, o gestor consegue acompanhar o progresso da Sprint de qualquer lugar, avaliando através do Burndowm como está a produtividade do time o dia a dia.

O Scrum é flexível e pode ser facilmente adaptado ao home office para que todos os membros do time mantenham a comunicação constante.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você. Deixe seu comentário contando o que achou. Até a próxima!

Gostou? Compartilhe:

Equipe Cedro

Equipe Cedro

Empresa focada em tecnologia e referência em inovação para o mercado financeiro e em soluções de TI e mobile.