ROI em TI: por que medir e qual a sua importância?

ROI em TI

Com o avanço tecnológico, novas soluções estão surgindo com uma grande rapidez. Logo, muitas empresas estão investindo cada vez mais em tecnologias inovadoras. Seja para tornar seus processos mais eficazes ou para terem uma maior capacidade de atender às demandas do mercado, digitalizar o negócio é o desafio da vez.

De acordo com levantamento realizado pelo instituto de análise de mercado EMA (Enterprise Monitoring Associates), 43% das empresas desejam utilizar soluções de TI em seus negócios.

Diante destes dados, é possível perceber que muitos negócios estão adotando novas tecnologias. Com isso, o cálculo do ROI em TI se torna fundamental para compreender com uma maior precisão como estes investimentos irão impactar nos resultados do negócio a médio e longo prazo.

Se você quer saber como o ROI em tecnologia afeta o sucesso dos investimentos no setor, continue a leitura deste artigo.


O que é o ROI em TI?

ROI é uma sigla para Return on Investment, ou em português, retorno sobre o investimento. Ele é um indicador muito utilizado pelas empresas de todos os segmentos para avaliar como um investimento irá afetar os resultados financeiros a médio e longo prazo.

O seu cálculo leva em consideração uma série de variáveis, proporcionando aos gestores uma visão abrangente do seu impacto nas diferentes áreas do negócio.

Nesse sentido, podemos destacar os seguintes fatores que compõem o ROI em tecnologia:

  • Valor do investimento;
  • Ganho de performance;
  • Redução de erros operacionais;
  • Diminuição do custo operacional;
  • Aumento da satisfação de clientes;
  • Ganho de participação no mercado;
  • Aumento da lucratividade dos produtos e serviços da empresa;
  • Melhorias internas.


Qual o impacto do ROI em TI nas empresas?


O ROI é um indicador que afeta o funcionamento da empresa como um todo e pode causar um grande impacto dentro do ambiente corporativo.

Por exemplo, caso a empresa necessite reduzir os seus gastos, esse indicador pode ser utilizado para avaliar se o uso de novas tecnologias será capaz de eliminar custos recorrentes ou diminuir seu custo financeiro. Logo, sua empresa pode ter um orçamento mais enxuto e eficaz.

Em resumo, o uso do ROI em TI é uma forma fácil e inteligente de melhorar as decisões tomadas pela empresa.

Como é um indicador flexível, ele auxiliará o gestor a realizar escolhas alinhadas aos objetivos da companhia, atraindo melhores resultados e gerando impactos positivos no dia a dia do negócio.
Importância de calcular o ROI de tecnologia.

O ROI, como já falamos neste artigo, pode ser aplicado por todos os setores de uma empresa e ele oferece ótimos benefícios, principalmente para justificar investimentos em tecnologia.

Como a maioria dos gestores estão profundamente interessados na tangibilidade dos investimentos, o ROI de tecnologia acabou se tornando fundamental quando se trata de projetos de TI.

Ao implementar uma estratégia de segurança da informação, por exemplo, os gestores de TI devem dimensionar quais retornos a empresa vai obter com as soluções adotadas, como antivírus, monitoramento de redes, etc. Eles precisam de métricas e indicadores que demonstrem esses resultados de uma maneira palpável.

O primeiro passo para justificar o valor desse tipo de projeto de TI é realizar uma análise de ROI. Para isso, são avaliados os diversos custos, os avanços, os benefícios e também os riscos. Tudo isso precisa estar em perfeita harmonia com os direcionamentos estratégicos do negócio.


Como calcular o ROI em TI


O cálculo do ROI em TI pode ser feito de modo simples. A fórmula compara o investimento realizado com os resultados financeiros. Assim, o gestor consegue mensurar com precisão como a nova ferramenta impactou a lucratividade do negócio.

O cálculo do percentual de retorno sobre o investimento se dá pela seguinte fórmula:

ROI (%) = [(Retorno Obtido – Valor do Investimento Inicial) / Valor do Investimento Inicial] x 100


Entretanto, sabemos que diversos fatores podem influenciar nos processos empresariais, e no setor de TI isso ainda se torna mais complexo. Então, na hora de fazer um cálculo de ROI do setor como um todo é preciso ter atenção e cuidado redobrados.

Como você viu até aqui, o ROI em TI é uma métrica muito importante para os gestores, já que pode viabilizar uma atuação mais analítica e estratégica. De outro modo, pode ajudar a promover a inovação à medida que torna o dimensionamento dos resultados muito mais simples.

É importante destacar que não há um padrão definido para o ROI, já que cada empresa tem as suas métricas. O que se pode dizer com certeza é que quanto maior for o valor do ROI de tecnologia, melhor para a sua organização.

Para isso, é preciso reduzir os custos do investimento, buscar maior eficiência operacional e manter a motivação das pessoas envolvidas na área de TI.


Como fazer para aumentar o ROI nos seus investimentos em tecnologia?

Para garantir que o ROI de tecnologia seja sempre o maior possível, existem algumas medidas que podem ser empregadas. Veja cinco passos que podem ajudar a aumentar o ROI em TI.

#1 Mapeie os processos e demandas

O primeiro passo para otimizar investimentos em TI é o mapeamento de processos e demandas internas. Essa prática permite um maior conhecimento das rotinas e da maneira como a infraestrutura está moldada. Assim, o impacto das opções pode ser calculado de forma mais eficiente.

#2 Identifique seus objetivos de médio e longo prazo

Para orientar os investimentos, conhecer os objetivos da empresa também é importante. Esse fator auxilia o time de gestão a buscar ferramentas que possam contribuir positivamente para a empresa atingir os resultados esperados. Com isso, será mais fácil estruturar um futuro competitivo e de alta performance.

#3 Capacite seus profissionais

A capacitação da equipe também deve ser feita, especialmente no contexto em que há fluxo de trabalho com autonomia. Portanto, os times devem ser capazes de aplicar o ROI em TI e melhorar as suas escolhas.

#4 Integre setores

Para avaliar o ROI em TI, a empresa deve ter dados atualizados. Afinal, eles orientarão toda a análise. Portanto, opte pela integração dos bancos de dados e use mecanismos que facilitem o seu estudo, como o Business Intelligence (BI) e o Big Data.

#5 Fique atento às tendências do setor

As tendências de TI também podem ser consideradas para encontrar a solução com o melhor ROI. A terceirização de equipamentos, alocação de recursos, o cloud computing e as ferramentas de análise de dados são algumas opções. Juntas, elas tornam a empresa muito mais competitiva e inovadora.


O uso de indicadores como o ROI é algo fundamental para o dia a dia do gestor. O ideal é estabelecer como prática o uso do ROI em TI antes de tomar decisões. Avalie diferentes fatores e busque dados adequados. Dessa maneira, a sua decisão estará alinhada às demandas da empresa e poderá atrair bons resultados no futuro.

Invista em tecnologia e transforme seu negócio com a Cedro Technologies.

Deixe uma resposta