Quais são os melhores frameworks de gestão de projetos de TI?

27 / 05 / 2016

Para gerenciar projetos de TI, podemos optar por diversas metodologias, também conhecidas como frameworks de gestão de projetos de TI. Os frameworks mais eficazes e que engajam o maior número de adeptos são ITIL, COBIT e SCRUM – que, consequentemente, estabelecem as melhores práticas de TI no mundo corporativo. Com este suporte, é possível melhorar o desempenho geral do setor e estabelecer métricas confiáveis para sua medição e monitoramento.

Para saber qual destas opções é a mais indicada para a sua empresa, veja a seguir o detalhamento destes padrões e entenda as principais diferenças entre cada um.

O que é ITIL?

ITIL (Information Technology Infrastructure Library) é o framework mais adotado mundialmente. Seu foco é voltado para a estruturação dos serviços de TI com alinhamento aos objetivos do negócio. Ele se baseia no ciclo PDCA (Plan, Do, Check, Action – Planejamento, Execução, Controle, Ação), abrangendo a determinação da estratégia de serviço, a escolha da melhor solução, o gerenciamento de mudanças, a determinação dos níveis de serviço, assim, como a sua melhoria contínua. Após sua adoção, os processos de TI se tornam mais consistentes e a empresa alcança maior eficácia na entrega de serviços, otimizando a experiência dos clientes.

O que COBIT?

COBIT (Control Objectives for Information and Related Technology) é um framework muito bem-conceituado no mercado e seu foco é voltado para a governança de TI. Abrange práticas gerenciais para planejamento e organização dos recursos de TI, visando a ampliação dos níveis de qualidade e segurança da informação, com alinhamento aos objetivos do negócio, otimização dos investimentos em equipamentos e aplicativos, assim como o estabelecimento de métricas confiáveis para monitoramento e avaliação dos processos de entrega e suporte de serviços.

O que é SCRUM?

SCRUM é um framework focado no gerenciamento dinâmico de projetos, sendo muito aplicado a projetos de desenvolvimento de softwares, visando a sua agilização. Ele subdivide o trabalho em etapas incrementais, com duração entre duas a quatro semanas, monitoradas por meio de reuniões diárias. Ao final de cada etapa, os objetivos traçados devem ser alcançados — funcionalidade ou produto concluído. Além disso, estabelece os papéis a serem desempenhados pela equipe envolvida, a metodologia de priorização de atividades e a gestão de mudanças e adaptações.

Framework de gestão de projetos de TI

Como vimos, as práticas do ITIL fortalecem a estruturação dos serviços de TI, o COBIT otimiza o cenário de TI para conferir governança aos processos e o SCRUM simplifica e dinamiza a gestão de projetos. Todos estes frameworks se aplicam a diferentes tipos de empresas e de circunstâncias, determinadas conforme o grau de maturidade da TI em cada organização.

Cada framework de gestão de projetos de TI tem práticas que contribuirão significativamente para a evolução geral do desempenho de TI e ampliação dos seus resultados. Aprofunde os estudos de cada framework e tire o melhor proveito de cada um, fazendo um mix específico para o perfil da sua empresa, caso não tenha aderência total a um deles. Com certeza, sua equipe de TI só tem a ganhar conhecendo estas fantásticas metodologias de gestão.

Quer saber mais ou quer tirar dúvidas? Compartilhe com a gente!