Planejamento estratégico de TI: importância e como fazer um

19 / 10 / 2021

planejamento estratégico de ti

A função da TI em muitas empresas acaba se limitando a apenas “apagar incêndios”, onde o serviço prestado passa a ser totalmente de suporte. 

Mas, apesar desse cenário ser muito comum, ele não é ideal. Com a equipe de TI cuidando apenas de problemas que surgem a toda hora, falta tempo para inovar e elaborar tecnologias que possam impulsionar o crescimento da empresa. 

Dessa forma, toda essa desorganização só vai ganhando escala, e à medida em que cresce, a empresa fica mais desprotegida e suas ferramentas não entregam o desempenho esperado.

E o que provoca a formação desse cenário caótico é justamente a falta de um Planejamento Estratégico de TI (PETI).  Quer saber mais sobre a sua importância, benefícios e como elaborar um? Acompanhe o artigo até o final. 

 

A importância do planejamento estratégico

Como mencionamos, uma empresa que não possui um planejamento estratégico de TI não possui infraestrutura e organização suficientes para acompanhar o seu crescimento. Isso porque, a tecnologia não é utilizada de maneira alguma para favorecer o negócio, já que ela atua apenas como um suporte que resolve os problemas que aparecem.

E essa desorganização não afeta apenas o crescimento e a organização da empresa. Ela também afeta o fluxo de trabalho, o orçamento e principalmente a segurança cibernética em tempos de aumento de ataques de hackers. 

Nesse sentido, o negócio não consegue criar um diferencial frente ao mercado, acaba investindo em tecnologias e em uma infraestrutura que não atende às expectativas, o que geralmente leva a empresa a contratar outras ferramentas para solucionar o problema.

Nisso, os custos só aumentam e as soluções que deveriam otimizar a produtividade e a eficiência dos processos tornam o caos ainda maior. 

Além disso, a equipe de TI só vai ter tempo de se preocupar com um ataque quando ele ocorrer, já que não há um programa de prevenção contra os riscos. O que, como consequência, pode gerar problemas legais para a empresa. 

Portanto, empresas que têm como objetivo a expansão, o aumento de produtividade e eficiência e tornar seus processos mais seguros, devem alinhar suas ideias corporativas com um planejamento estratégico de TI.

 

Benefícios do planejamento estratégico de TI

Quando a equipe de TI deixa de atuar como  suporte, apenas, e começa a fazer parte da área estratégica, a empresa é muito beneficiada. Confira as principais vantagens a seguir.

Redução de custos

Todos os gastos referentes a tecnologias, contratação de ferramentas, equipamentos e sistemas passam a ser muito mais controlados e devidamente planejados. Dessa forma, o desempenho que se esperava é adquirido e os processos se tornam, de fato, muito mais eficientes. 

 

Otimizações operacionais

O planejamento estratégico de TI faz com que a equipe atue de forma muito mais proativa dentro da empresa. Nesse sentido, é possível identificar problemas que ainda não tenham sido identificados, mas que, de certa forma, barram a produtividade operacional. 

Quando esses gargalos são resolvidos, o fluxo de trabalho é aprimorado e a empresa ganha um desempenho de alta performance. 

 

Melhora na tomada de decisão

Um ambiente descontrolado e desorganizado provavelmente não auxilia a empresa a alcançar os resultados esperados. E para otimizar a gestão, o planejamento estratégico de TI é capaz de indicar as ferramentas ideais para metrificar, monitorar e conceder uma visão mais ampla que tornará a tomada de decisão muito mais assertiva. 

 

Aumento na segurança da informação

A equipe de TI passa a ter mais tempo para elaborar um plano de prevenção de riscos e definir ações para monitorar, neutralizar e evitar ataques cibernéticos. 

 

Melhora do atendimento ao cliente

Atualmente, o atendimento ao cliente é um fator importante na estratégia corporativa das empresas e que vem demandando uma atenção especial dos gestores. 

Isso porque a satisfação do consumidor referente aos seus produtos e serviços é muito impactada pela qualidade da interação e da experiência do usuário

Com o planejamento estratégico de TI, sua equipe torna-se capaz de elaborar soluções e implementar tecnologias para aprimorar esse setor, impulsionando o crescimento da empresa. 

 

Como fazer um planejamento estratégico de TI?

Agora que você já entende porque um planejamento estratégico de TI é extremamente importante para a estrutura, organização e eficiência da empresa, confira como elaborar um.

 

Defina a missão

Para que o planejamento funcione de forma eficiente, é preciso saber onde se quer chegar quando as mudanças acabarem de ser implementadas.

Por isso, defina de forma clara os objetivos e metas, de curto, médio e longo prazo que pretende alcançar. 

 

Analise o ambiente interno

Antes de colocar o planejamento em ação é extremamente necessário avaliar a situação do ambiente interno da empresa. Para isso, avalie a capacidade do seu setor de TI, a vulnerabilidade, a qualificação e capacitação dos colaboradores, a infraestrutura tecnológica oferecida, dentre outros fatores.

 

Avalie a concorrência e o mercado

Averiguar quais são as tecnologias mais utilizadas no mercado atualmente é uma boa referência e pode até ser uma direção em um primeiro momento.

 

Planeje as ações

Com as metas do planejamento estratégico de TI em mãos, é hora de elaborar as ações que serão colocadas em prática para que os objetivos sejam alcançados. 

Nesta etapa, também é importante ter em mente o que se espera de cada mudança, para que, caso não saia como planejado, seja feita uma reavaliação do que pode ser feito.

 

Defina os indicadores e monitore

Sem monitoramento e sem a definição de métricas ou indicadores não é possível identificar o que está sendo de fato efetivo e o que não está dando resultados. Prejudicando assim, uma possível mudança de direcionamento no planejamento estratégico de TI. 

Por isso, defina o modo de acompanhamento e se possível, delegue cada métrica para um colaborador, para que este seja responsável por testar ações diferentes com o objetivo de trazer o resultado esperado.

 

Invista em tecnologia

Como mencionamos várias vezes neste artigo, a tecnologia é a aliada principal quando falamos em transformar a realidade de uma empresa. Nesse sentido, não se trata apenas de ferramentas para uso no dia a dia, mas também de soluções que possam direcionar a estratégia da empresa. 

Não sabe em que tipo de tecnologia investir? Confira o nosso blog. Além de artigos sobre as principais tecnologias da atualidade, também temos outros materiais relevantes para o seu negócio crescer com segurança. 

Deixe uma resposta