home Sem categoria O futuro das transações financeiras via WhatsApp

O futuro das transações financeiras via WhatsApp

O WhatsApp é o aplicativo mais utilizado do mundo, com uma base mensal de 1,5 bilhão de usuários ativos. Como é extremamente popular, até mesmo as empresas utilizam a ferramenta para facilitar o atendimento e a comunicação com seus clientes. Diversas novidades são incorporadas ao app pertencente ao Facebook ao longo do tempo e, agora, uma das metas da companhia é permitir a realização de transações financeiras. Conheça mais sobre transações financeiras via WhatsApp lendo este artigo.

Neste artigo, vamos apresentar para você um pouco sobre os próximos passos do WhatsApp em relação às movimentações financeiras. Confira!

Integração do Whatsapp com outros produtos do Facebook

Durante a conferência anual de 2019 do Facebook com desenvolvedores, a F8, realizado em abril, o presidente-executivo do grupo, Mark Zuckerberg, apresentou as principais novidades dos produtos da empresa. Inclusive, a ideia é oferecer uma integração muito maior entre todas as soluções.

Outra novidade em relação ao WhatsApp é expansão da opção de pagamentos e envio de dinheiro dentro do aplicativo. Desde do ano passado, essa funcionalidade já está na versão de testes aplicada na Índia, que é hoje o principal mercado do app.

Criptomoeda do WhatsApp e transações financeiras via WhatsApp

Segundo reportagem do New York Times, o WhatsApp está buscando uma alternativa para facilitar o envio e recebimento de dinheiro entre amigos e familiares com o desenvolvimento de uma criptomoeda. Com a sua funcionalidade de pagamentos já em testes, a proposta é conquistar um mercado que as moedas digitais de startups falharam, como o bitcoin, que é se popularizar entre os usuários comuns.

Ainda não existe nenhum indício ou data de lançamento oficial, mas já existem relatos de casas de câmbio que a moeda digital do WhatsApp está prevista ainda para 2019.

Os concorrentes também estão de olho nesse nicho. O Telegram, por exemplo, também está trabalhando na criação da Gram, sua própria criptomoeda.

Experiências de instituições financeiras

Diversas instituições financeiras brasileiras já começaram a oferecer funcionalidades através do WhatsApp. Banco do Brasil, Bradesco e Itaú, por exemplo, permitem o uso do app para consultar saldo e fazer transferências, por exemplo.

A expectativa é que mais funcionalidades sejam incorporadas de acordo com o aumento do uso e da demanda.

O futuro do WhatsApp: fintechs e instituições financeiras devem utilizar a plataforma

Para utilizar o WhatsApp no seu negócio, Médias e Grandes Empresas precisam utilizar a API da versão Business da aplicação. Assim, seu negócio pode explorar ainda mais as potencialidades das transações financeiras.

Você sabe o que é API? Confira o artigo!

Segundo o estudo “AI em Fintech” realizado pela Juniper Research, os chatbots podem reduzir os custos operacionais excessivos dos serviços bancários, resolvendo de maneira automatizada as consultas dos clientes. A estimativa é que o setor financeiro tenha uma economia nos seus custos operacionais de até US$ 7,3 bilhões globalmente até 2023.

A tendência é que os chatbots irão substituir grande partes dos aplicativos. Com uma preferência dos usuários pelos aplicativos que utilizam no dia a dia, em especial o Whatsapp, é importante que seu negócio também esteja presente nessa ferramenta de comunicação para facilitar essa interação.

Conte com um parceiro especializado para integrar WhatsApp Business API

A Cedro Technologies é uma empresa de TI que atua no mercado desde 2005, com foco no mercado financeiro e negócios digitais. Além da sua expertise nos setores, desenvolveu também o PEOPLE, plataforma completa para gestão de atendimento com inteligência artificial.

Conte com apoio especializado na hora de utilizar o Whatsapp como ferramenta para que seus clientes se comuniquem e façam transações financeiras. Entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe:

Thiago Morais Felix Costa

Thiago Morais Felix Costa

Product Owner do PEOPLE na Cedro Technologies.