home Sem categoria O crescimento da IoT e as oportunidades para o CIO em 2020

O crescimento da IoT e as oportunidades para o CIO em 2020

Até 2020, cerca de 25 bilhões de equipamentos farão parte de redes de Internet das Coisas (IoT) em todo o mundo, trafegando um volume de 50 trilhões de gigabytes de dados.

A expectativa é que a IoT movimente cerca de US$ 19 trilhões até 2023, segundo dados da Cisco. A América Latina será responsável por US$ 860 bilhões, sendo que apenas o Brasil consumirá US$ 352 bilhões. 

Os números são impactantes e deu para perceber que o potencial da IoT é gigantesco, assim como as oportunidades para carreira e negócios.

Assim como em outras áreas, o CIO precisa estar preparado para a economia digital. E como atingir esse objetivo? A maneira mais rápida é por meio de informação, análises e acesso a cases e melhores práticas tanto dentro do Brasil como fora.

Como então um CIO pode estar conectado a essa nova realidade e desenvolver capacidade analítica para ampliar a performance da sua empresa? 

O primeiro passo é conhecer as tendências em IoT para 2020. Veja quais são elas neste post!

1- A adoção da IoT

A adoção da IoT continua a crescer globalmente. De acordo com pesquisa da Microsoft, 85% dos tomadores de decisão de TI dizem ter pelo menos um projeto de IoT na fase de prova de conceito, aprendizado ou compra em sua organização. E, segundo números  da Microsoft, 94% das empresas usarão a IoT até o final de 2021.

2- O fortalecimento do 5G

As novas redes 5G atuarão como um dos principais impulsionadores do sucesso da IoT. A evolução do 5G fornecerá não apenas melhores experiências para aplicativos existentes, mas também vai acelerar os casos de uso que não eram possíveis nas gerações anteriores de redes móveis.

Isso proporcionará um enorme benefício para os dispositivos IoT como parte integrante de setores como saúde e logística, por exemplo. A Cisco estima que dispositivos conectados, como aplicativos de rastreamento e vigilância por vídeo, representarão 48% do total de conexões até 2022.

3- Cuidado com a segurança

Um ponto de discórdia para a IoT está nas preocupações com a segurança. O primeiro grande ataque ativado pela IoT foi o surgimento da botnet Mirai, que vasculhou as redes abertas em busca de dispositivos inseguros da IoT. 

Isso levou a melhorias e uma melhor conscientização sobre os perigos da utilização de dispositivos IoT com configurações padrão mas, infelizmente, eles não estão ficando mais seguros.

De acordo com a Trend Micro, a Inteligência Artificial e o aprendizado de máquina serão aproveitados como formas de acessar dispositivos conectados em ambientes corporativos. Pessoas mal-intencionadas farão esforços para monetizar ataques à IoT, sendo a extorsão digital a causa mais provável.

E, com o aumento do uso da IoT, o Gartner prevê que o orçamento com segurança também irá crescer, passando de menos de 1% dos orçamentos de segurança anuais em 2015 para 20% em 2020.  

4- Edge computing no centro

Para a Forrester, 2020 será o ano em que a Edge Computing ganhará grande atenção. Sempre relacionada à IoT, a tecnologia tem aumentado cada vez mais em importância e maturidade. 

Tanto que 57% dos tomadores de decisão, ouvidos ​​na Pesquisa de Mobilidade Global Business Technographics da Forrester Analytics, disseram que possuem computação de borda em seu roteiro para os próximos 12 meses.

Os maiores benefícios que as organizações buscam na computação de borda incluem flexibilidade para lidar com demandas atuais e futuras da IoT e o fato de que a computação na borda evita a latência da rede, permitindo respostas mais rápidas.

5- Automação e RPA

A taxa de adoção da RPA (Robotic Process Automation) usando bots para automatizar tarefas trabalhosas aumentou nos últimos anos. A  Forrester estima que o mercado chegará a US $ 2,9 bilhões até 2021.

A maioria das empresas poderá automatizar pelo menos 20% de sua carga de trabalho em até cinco anos. As maiores organizações dos setores financeiro e de seguros estão se movendo para industrializar seus esforços de automação, exemplo que deve ser seguido por outras indústrias. 

Sem RPA, as empresas não apenas vão lutar para diminuir a distância da concorrência, mas podem até morrer ou ser consumidas por players maiores e mais eficientes.

A IoT apresenta uma oportunidade sem precedentes de promover novos benefícios, inclusive com o potencial para automatizar até 50% dos processos manuais.

Todas as tendências apresentadas neste post serão usufruídas por quem tiver interesse em melhorar a gestão dos seus dados, tornando-a mais ágil. E não bastará apenas conectar o maior número de dispositivos à rede, é preciso aliar inteligência e segurança!

A pressão para inovar com mais rapidez é intensa e as exigências de todos os stakeholders é capaz de tirar o sono dos CIOs. Mas calma, a Cedro Technologies vai te ajudar. 

Continue lendo o blog para conhecer mais tendências importantes para o universo da Tecnologia da Informação!  

Gostou? Compartilhe: