home Sem categoria Motivação no trabalho: como mantê-la sempre em alta?

Motivação no trabalho: como mantê-la sempre em alta?

Em 2018, o Brasil possuía cerca de 91,8 milhões de trabalhadores ocupados. Deste número, 58,7 milhões possuíam carteira assinada. Os outros 32,9 milhões eram trabalhadores informais.

Quase 92 milhões de brasileiros passam pelo menos oito horas diárias em seus empregos, consequentemente convivem mais com seus colegas de trabalho do que com seus próprios familiares.

Quando você cumpre funções que te inspiram, que deem vontade de sair de casa todas as manhãs, trabalhar pode ser satisfatório e enriquecedor.

Mas e quando você se sente desmotivado, sem energia e só cumprindo suas obrigações contando as horas para voltar para casa?

A transformação digital chegou causando grandes mudanças estruturais no dia a dia das empresas e nos modelos de trabalho. Mas de que adianta automatizar os processos, investir em novas tecnologias, modernizar o atendimento ao cliente se a equipe está desmotivada e se sente deixada de lado?

A seguir, vamos listar cinco dicas que vão ajudar a encontrar motivação no trabalho e fazer as oito horas diárias de trabalho valerem a pena!

Dicas para melhorar a motivação no trabalho

A falta de motivação no trabalho, além de ser prejudicial à própria pessoa, pode contaminar o resto da equipe e o ambiente de trabalho de todos. 

Nem sempre é possível mudar nosso humor de uma hora para outra, mas algumas medidas podem ser tomadas para tornar o dia a dia mais leve e as horas trabalhadas mais proveitosas. 

1.  Foco nas metas

Quando você traça objetivos concretos à frente, é muito mais fácil se manter motivado para cumpri-los e receber a satisfação em consequência. Ser reconhecido pelo esforço também é uma ótima forma de manter a motivação no trabalho

Algumas ações simples podem ser tomadas para ajudar na visualização das metas, como fazer uma lista das suas tarefas, atualizando o progresso em relação cada uma delas. 

Dessa forma fica muito mais fácil ver quanto trabalho duro você teve no dia e quão produtivo você conseguiu ser. Além de saber quanto falta até alcançar a próxima meta! 

2. Seja criativo

Pessoas otimistas e felizes consequentemente trazem resultados mais criativos e encontram motivação no trabalho mais facilmente. Ter uma relação saudável com o que você faz e saber da importância da sua função para o resto da empresa é muito importante. 

Além disso, não ter medo de usar sua criatividade, dar ideias e sugestões, ser participativo nas reuniões e encontros pode melhorar a sua satisfação diária e ajudar os outros da equipe a buscarem a deles também.

3. Varie suas habilidades

Cumprir o mesmo cronograma todos os dias durante meses pode ser cansativo e fica difícil manter a motivação no trabalho desse jeito, não é?

Evite repetir suas tarefas exatamente da mesma forma. Por exemplo, ao invés de passar todas as segundas-feiras o dia inteiro elaborando a apresentação que deverá ser apresentada às terças, que tal fazer um pouco por dia?

Desse modo, sobra tempo para você utilizar outras habilidades em atividades diferentes e deixar o cérebro recarregar neste meio tempo.  

4. Acredite em você mesmo

Confie no seu potencial, valorize o seu esforço diário. Todos os dias você executa uma série de habilidades sem nem perceber, como organização, criatividade e foco.

E não estamos considerando nem as habilidades pessoais que você adquiriu com estudos, cursos, anos de experiência, viagens, congressos etc. Falamos só das básicas mesmo!

Seja autoconfiante e reconheça a importância do seu trabalho e das suas habilidades no dia a dia das outras pessoas da equipe e do resto da empresa. Saber da importância da sua presença ajuda bastante a aumentar a motivação no trabalho e continuar a dedicação. 

5. Valorize os feedbacks

Feedbacks positivos são ótimos para aumentar nossa auto-estima e fazer com que nos sintamos valorizados. Mas nem sempre eles são bons. Não é fácil ouvir críticas construtivas tranquilamente, mas aceitar as sugestões e mudar algumas atitudes pode fazer com que seu trabalho seja melhor executado.

Não leve os feedbacks negativos para o lado pessoal e aprenda a utilizá-los em benefício próprio. Dessa forma você melhora seu desempenho, aumenta a motivação no trabalho e, quem sabe, na próxima reunião este esforço seja reconhecido!     

Ideias interessantes, não é? Agora mãos à obra! Para mais conteúdos como esse, acesse o blog da Cedro Technologies.

Gostou? Compartilhe:

Patrícia Mourão Bahia de Sousa

Patrícia Mourão Bahia de Sousa

Coordenadora de Talentos Humanos na Cedro Technologies.