home Sem categoria Inteligência Artificial em nuvem: um avanço para as empresas

Inteligência Artificial em nuvem: um avanço para as empresas

No começo, a inteligência artificial (IA) era utilizada apenas por usuários que tinham determinados perfis, sendo especialistas no assunto, com infraestrutura de dados e um capital elevado.

No entanto, a IA passou a atingir outros patamares, se tornando uma ferramenta de suma importância em serviços de nuvem e que, agora, vem sendo adotada pela grande massa.

De acordo com a Deloitte Global, ainda em 2019, acredita-se que boa parte das empresas passarão a integrar serviço de IA em nuvem. Sendo que, 70% delas importaram recursos dessa tecnologia por meio de software e 65% passarão a criar aplicativos.

Mas os dados não param por aí. A Deloitte também acredita que para o próximo ano, a inteligência artificial alcançará em torno de 87% das companhias, seja ela em software corporativo ou plataformas de IA.

Isso acontece porque a nuvem impulsionará a adoção da IA visando uma melhoria no retorno sobre o investimento, além de ser uma ferramenta que se tornou mais acessível aos demais usuários.

Quer saber mais sobre a importância da inteligência artificial para as empresas? Continue com a leitura.

Vantagens na implementação da IA

A IA consiste na união de diversas ferramentas tecnológicas, que permite uma visão computacional e processamento mais sofisticado para aprimorar a capacidade de gerar grandes quantidades de dados e, assim, criar previsões mais precisas e corretas.

O crescente uso dessa inteligência decorre das vantagens que esse sistema traz, pois ajuda as empresas a melhorar suas operações, agregando valor aos processos ofertados e atendimento aos clientes, a um custo menor.

Apesar de todos os benefícios, até o momento, poucas companhias têm capacidade de utilizá-la. Isso porque são necessários especialistas em IA para que o acesso aos conjuntos de dados e infraestrutura seja possível.

Dessa forma, empresários só conseguem adotar o recurso caso conte com uma equipe que possa aplicá-lo, construindo uma solução personalizada conforme o perfil organizacional.

Por esse motivo, a IA era um sistema feito para grandes usuários que possuíam capacidade e capital para implementar a técnica, tendo forte infraestrutura de TI (Tecnologia da Informação), com habilidade científica de dados.

Isso ocorre porque esses “gigantes da tecnologia” têm recursos suficientes para buscar talentos mais caros, tendo custos altos para criar datas centers massivos e processadores modernizados.

IA está se tornando ferramenta de muitos

Os grandes empresários usam esse tipo de transformação digital para desenvolver serviços bilionários e aprimorar suas operações. Mas, para fazer isso, é preciso encontrar uma solução que resolva desafios internos, lançando um serviço diferenciado que atraia o público.

Bons exemplos disso são o Google e a Microsoft que constroem plataformas de IA e aplicativos que alcançam um mercado mais amplo, dando acesso à massa.

Mas esse crescimento também pode ser visto em organizações de software corporativos, onde há uma integração de IA baseado em nuvem, permitindo que muitos usuários tenham aquisição.

Algumas startups também estão entrando para esse negócio, com programas baseados em nuvem. Elas incluem alguns recursos da IA que possibilitam oferecer serviços específicos para um determinado alvo, como é o caso da própria Cedro Technologies que criou a plataforma People para gerenciamento de Chatbots no Facebook, WhatsApp e outras redes e a Crowdstrike, que criou uma ferramenta de segurança cibernética.

O resultado é que essas grandes empresas passam a facilitar a implementação da inteligência artificial para aqueles que não possuem talento técnico, acesso aos conjuntos de dados ou poder computacional próprio.

Assim, por meio da nuvem, empresários passam a acessar os serviços que atendem suas necessidades, sem que haja investimento exorbitante. Ou seja, a nuvem se tornou um processo de democratização dessa inteligência, dando oportunidades para diversos empresários.

Mesmo que seja algo que ainda está em crescimento, a IA é promissora e à medida que investidores amadurecem o seu uso, empresas passam a confiar cada vez mais nas plataformas, alavancando seus conhecimentos.

O que fica claro é que esse avanço tecnológico é um meio de melhorar as ofertas empresariais e os processos operacionais, proporcionando mais segurança, desenvolvimento e soluções que atendem as necessidades não apenas do profissional, mas também dos seus clientes.

A inteligência artificial chegou para aprimorar o mundo dos negócios, se tornando fator primordial para quem deseja criar uma marca mais forte perante o mercado e atrair o público-alvo, por meio de serviços e produtos diferenciados, ganhando vantagens competitivas.

Gostou de conhecer mais sobre a IA em nuvem? Leia outros conteúdos do nosso blog e fique por dentro das novidades sobre o mundo da tecnologia.

Quer dar um primeiro passo no desenvolvimento de IA?

Crie uma conta na plataforma People e inicie a construção de seu Chatbot.

Gostou? Compartilhe:

Thiago Morais Felix Costa

Thiago Morais Felix Costa

Product Owner do PEOPLE na Cedro Technologies.