Fraude de Identidade: o que é e como você pode combater?

fraude de identidade como combater

Você sabe como combater a fraude de identidade em seu negócio? Será que sua empresa está realmente protegida contra isso? É importante refletir nessas perguntas.

Pensando nisso, elaboramos esse post com o objetivo de ajudar a avaliar essas questões. Afinal, avaliar a segurança de sua empresa não é algo que possa ficar em segundo plano. 

Durante a leitura, descubra o que é fraude de identidade, quais são os impactos para as empresas e como você pode diminuir o risco de sua organização cair nesse golpe. 

O que é fraude de identidade?

A fraude de identidade, também chamada falsidade ideológica, ocorre quando uma pessoa tenta se passar por outra com o objetivo de obter vantagens ou causar danos a terceiros. 

No Brasil, de acordo com o Código Penal, nos artigos 307 e 308, usar falsa identidade é considerado crime e prevê a pena de detenção de 3 meses a 1 ano, se o acontecimento não constituir elemento de natureza mais grave. 

Para que um criminoso consiga se passar por terceiros, ele primeiro obtém acesso aos dados do indivíduo. No ambiente digital, as informações costumam ser roubadas por meio de e-mails de phishing, páginas clonadas, spams, mensagens de celular com links contaminados por malwares, entre outros. 

As táticas de roubo de identidade, podem ser classificadas em:

  • Fraude de Identidade Sintética: é quando o golpista combina dados reais com falsos, gerando uma nova identidade. Pode ser que descubram as informações por meio de redes sociais, cadastros online e, às vezes, até mesmo utilizam registro de pessoas falecidas. 
  • Fraude de Phishing: o cibercriminoso tenta direcionar o usuário para uma página contaminada por malware com o objetivo de roubar dados cadastrais, geralmente, isso é feito utilizando um link falso. 
  • Fraude de  Pharming: nesse caso, o indivíduo tenta acessar a página original, seja por meio do navegador ou QR Code, mas a URL é modificada durante o processo e o direciona para outro servidor. 
  • Fraude de Keylogger: por meio de malware, o computador é contaminado e os criminosos passam a monitorar tudo que é digitado no teclado. Assim, os golpistas conseguem descobrir senhas e outros dados sensíveis. 

Sendo assim, é possível perceber que o perigo de enfrentar cibercriminosos que roubam identidades é real. No entanto, quais são as consequências da fraude de identidade para as empresas? Veja no próximo tópico. 

Os impactos da fraude de identidade para o seu negócio

Com certeza, a principal consequência para as empresas que são vítimas de cibercriminosos é o prejuízo financeiro. De acordo com um estudo feito pela Javelin Strategy & Research, no ano de 2020, o valor total de perdas por causa de fraudes de identidade foi de US $56 bilhões.

Porém, esse não é o único efeito. O roubo de identidade também pode afetar a imagem da instituição e o seu relacionamento com os clientes. 

Afinal, as pessoas podem ficar preocupadas e receosas quanto a compartilhar informações pessoais, caso o seu negócio tenha um histórico de falha na segurança e defesa de dados.

Além disso, vale ressaltar que segundo a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), é responsabilidade da empresa preservar os dados que estão sob seus cuidados, tanto de clientes, como de colaboradores e parceiros. 

Por isso, é essencial buscar soluções visando a proteção contra ciberataques. Se uma organização não buscar formas de se adequar às regras estabelecidas pela LGPD, ela pode sofrer sanções, como:

  • Advertência;
  • Multa de até 2% do faturamento, podendo atingir o total de 50 milhões de reais por infração;
  • Atividades de tratamento de dados (coleta, transmissão e armazenamento)  suspensas ou proibidas, de maneira parcial ou total. 

Já que nenhuma corporação quer sofrer com danos financeiros, reputação manchada e penalidades legais, descubra no tópico seguinte como aumentar a segurança e ficar protegido das fraudes de identidade. 

Como combater a fraude de identidade? 

O primeiro passo é identificar as vulnerabilidades. Conhecendo as táticas mais usadas pelos criminosos, você pode analisar quais são os pontos em que sua empresa está mais suscetível a um ataque. E então, faça um planejamento com o objetivo de eliminar essas fragilidades. 

Nesse sentido, também é útil fornecer treinamento aos colaboradores. Por exemplo, é importante explicar como usar os aplicativos, identificar e-mails falsos e conferir URLs de sites, entre outros. As práticas de proteção de dados precisam se tornar parte da cultura organizacional. 

Além disso, procure soluções tecnológicas, como o Data Engine, que é um software que proporciona a redução do risco de fraude de identidade. Isso acontece porque ele utiliza tecnologias como: Face Match e OCR (Optical Character Recognition).

Face Match 

O Face Match é um sistema de reconhecimento facial, ou seja, a identidade é confirmada por meio do rosto. 

A tecnologia por trás do Face Match é uma forma de Inteligência Artificial que mapeia os pontos faciais de uma pessoa e possibilita a comparação entre o grau de semelhança em tempo real, ou com outros itens de referência, como vídeos e fotos. 

Dessa forma, essa ferramenta permite o acesso de alguém, ou nega, caso não seja possível a confirmação da identidade. 

OCR

O Optical Character Recognition (OCR), em português, Reconhecimento Óptico de Caracteres, é tecnologia que faz a leitura de um texto inserido em uma imagem. 

Para proteger a fraude de identidade é utilizado o OCR do RG ou CNH. Nesse caso, a pessoa envia a foto de um desses documentos e o software extrai as informações e características do mesmo. 

Depois, com os dados do documento processados, o sistema automaticamente faz a validação das informações conferindo diversos bancos de dados. Caso haja inconsistência, a empresa é alertada. 

Dessa forma, não adianta um criminoso simplesmente recolher informações de terceiros para conseguir se passar por outra pessoa. Com a união dos recursos de Face Match e OCR, o Data Engine proporciona maior garantia de proteção contra a fraude de identidade.

Em conclusão, a fraude de identidade é uma das grandes ameaças do ambiente digital e pode trazer prejuízos para sua empresa, tanto financeiros como para a imagem da marca.

Por isso, é essencial adotar boas práticas no trabalho online e, ao mesmo tempo, investir em soluções tecnológicas, como o Data Engine, que forneçam proteção adequada e mantenham o seu negócio seguro.