Design System: Entenda como ele pode ajudar a sua empresa

17 / 05 / 2022

Design-System

O design system é um termo que costuma gerar dúvidas entre os profissionais. Há quem o confunda com um guia de estilo criado por designers e há quem ache que se trata apenas de usar bibliotecas de códigos.

Na verdade, o design system lembra um pouco de tudo isso — e, no decorrer deste artigo, você entenderá o porquê desta confusão.

Mas, antes, vamos compreender os desafios empresariais que podem ser solucionados com o design system.

Design system e os problemas de usabilidade

Na prática, todo mundo sabe que a usabilidade é um fator fundamental para o sucesso de um site ou aplicativo. Nem tudo o que é óbvio para os desenvolvedores será compreendido pelo usuário — e quando isso ocorre, a empresa tem prejuízos.

Esses prejuízos podem aparecer em diferentes setores, como no marketing, que não consegue vender um sistema difícil de usar; no atendimento, que não consegue ajudar o cliente a entender a plataforma; no desenvolvimento, que precisará refazer o sistema, e por aí vai.

No caso das startups, esse tipo de erro pode condenar a empresa, já que nem sempre a marca tem tempo ou recursos para reverter esse problema. A experiência ruim dos usuários pode ser suficiente para afastar investidores, prejudicando o fluxo de caixa da companhia.

Mas por que estamos falando isso? É simples: para que a sua empresa não cometa o erro de subestimar o design system. A pressa para lançar produtos e a necessidade de economizar podem fazer com que algumas marcas subestimem a importância de integrar os times de arte e desenvolvimento.

Essa pressa pode fazer com que a criação de uma plataforma com a cara da empresa seja substituída pelo uso de soluções disponíveis nas bibliotecas de códigos.

Quando uma marca decide por essa solução, ela está tentando atender às suas demandas internas, como a economia de tempo. As demandas externas ficam em segundo plano, fugindo do cenário ideal, que é projetar o sistema para um cliente.

Entendendo o que é design system

O design system une os trabalhos do time de design com o trabalho dos desenvolvedores, principalmente o front-end. Contudo, isso não vale apenas para o desenvolvimento de um projeto, como um aplicativo.

O objetivo é criar guias que direcionem os trabalhos futuros tanto dos designers, como dos desenvolvedores, respeitando as individualidades da marca e guiando o trabalho dos profissionais envolvidos nas futuras tarefas relacionadas ao desenvolvimento dos sistemas.

Criando o design system de uma marca

O design é uma ferramenta de comunicação. Por isso, a escolha de elementos como a tipografia, cores e formas, entre outros, será feita pelos designers, respeitando características como o tom de voz da marca, seu objetivo comunicacional e outras.

Por outro lado, todos esses elementos serão transformados em códigos — e organizar esses códigos, explicando como eles devem ser usados, além de justificar as escolhas feitas, é uma tarefa que caberá aos programadores. Portanto, a criação de um design system é um trabalho multidisciplinar.

Ficou na dúvida? Então, vamos a um exemplo. Recentemente, o governo federal lançou a sua página de design system. Nela, há direcionamentos para o desenvolvimento do trabalho dos designers e também há guia de códigos para os desenvolvedores.

Note que não se trata de uma simples biblioteca de códigos, mas de um trabalho que considera uma estratégia de comunicação do governo, que tem como meta melhorar a experiência de usabilidade.

Esse exemplo ilustra que o design system não é apenas uma estratégia adotada por grandes big techs, como Google, Apple e Microsoft. Cada vez mais, governos e empresas, de diferentes setores, têm buscado melhorar a usabilidade dos seus produtos.

Vantagens do design system

Além da melhora na usabilidade das plataformas, a criação de guias de design system tem outras vantagens para as empresas.

Ajuda na produtividade

Ao ter uma documentação que direcione o trabalho, os profissionais conseguem aumentar a sua produtividade, uma vez que não partem do zero em suas tarefas.

Redução de erros

Com o design system, os times entendem o porquê de algo precisar ser feito. Com isso, há uma redução nos erros, pois testes desnecessários não precisam ser realizados. Basta que os profissionais sigam os direcionamentos do guia.

Padronização

Padronizar características visuais é muito importante para o fortalecimento da marca junto ao público. Já a padronização no desenvolvimento de códigos torna o trabalho mais seguro, fazendo com que erros sejam compreendidos e solucionados com mais agilidade.

Experiência única

Imagine um banco em que a experiência no site mobile seja completamente diferente da experiência do aplicativo, a ponto de o cliente achar que se tratam de marcas diferentes. Imaginou? Bem, para evitar esse problema, é necessário que, a cada atualização dos sistemas, os desenvolvedores recorram ao guia de design system da marca.

Colaboração interna

O design system é uma ferramenta colaborativa que vai ajudar profissionais com diferentes experiências e formações. Isso é importante para reduzir retrabalho, erros e ruídos na comunicação interna.

Além disso, o design system pode ajudar profissionais iniciantes no trabalho com os sêniores, fazendo com que recorram menos a esses profissionais, principalmente para buscarem informações que estão no guia de design system.

No passado, estar on-line era um grande diferencial. Agora, é uma obrigação. Para se destacar, é preciso ser eficiente e, por isso, a experiência do usuário precisa ser uma prioridade.

Soluções genéricas, que não consigam atender adequadamente, que não conversem com a marca principal ou que não sejam eficientes na hora de usar, são inviáveis, simples assim.

Para evitar esses problemas, é preciso que as marcas não subestimem o UX design e nem o design system, pois a pressa em lançar um projeto pode fazer com que a marca se esqueça do mais importante: o cliente.

A Cedro Technologies já utiliza o Design System no desenvolvimento de seus produtos, compreendendo as necessidades e oferecendo soluções que priorizam a experiência do usuário. Clique aqui e conheça as plataformas da Cedro que simplificam processos dentro da sua empresa.

Deixe uma resposta