Dados de mercado: tudo que você precisa saber para investir

11 / 10 / 2022

dados-de-mercado-para-investir

Dados de mercado são ferramentas essenciais para quem trabalha no mercado financeiro. Também conhecidos como Market Data, eles permitem acompanhar a bolsa de valores e auxiliam nas tomadas de decisão para investimento.

As informações podem ser encontradas em tempo real em sites e feeds de notícias, como a BBC e a Reuters. Mas, além disso, podem ser concentradas em plataformas de negociação específicas para o mercado, facilitando o trabalho do analista.

Neste artigo, vamos falar tudo que você precisa saber sobre dados de mercado para entregar um serviço de qualidade aos seus clientes. Confira a seguir!

O que são dados de mercado?

Os dados de mercado são informações emitidas para o mercado de capitais, no intuito de auxiliar o investimento em ações, commodities, troca de moedas e outros instrumentos financeiros. Informando preços atualizados sobre diferentes produtos, eles são emitidos por plataformas de negociação, como bolsas de valores.

Trata-se de notícias sobre os preços atualizados dos produtos, permitindo observar e analisar tendências históricas das movimentações. Muitos recorrem aos dados de mercado para entender quais são os produtos de maior valor e que configuram o melhor investimento.

Por outro lado, empresas com ações na bolsa de valores também costumam utilizá-los. Nesse caso, o foco é acompanhar preços da concorrência para realizar negociações mais estratégicas e melhorar o posicionamento de mercado.

De forma geral, os dados de mercado são instrumentos para tomadas de decisão referentes a investimentos que ajudam no gerenciamento de capitais, análise de dados e administração de produtos financeiros.

Quais são os principais dados de mercado?

Nas plataformas financeiras, os dados de mercado mais comuns são:

  • Nomes abreviados dos produtos, dispostos em siglas;
  • Preços atualizados de oferta e procura;
  • Hora da última cotação e da última negociação;
  • Últimos preços negociados;
  • Últimos volumes negociados;
  • Nível de volatilidade;
  • Identificadores de entidade;
  • Outros dados estáticos de referência.

Embora as principais informações sejam relacionadas aos preços de negociação dos ativos, podem ser utilizadas como complemento dos dados de funcionamento de uma empresa. São detalhes como receitas e dados macroeconômicos, que permitem entender como a organização se relaciona com o mercado.

Por que é tão importante analisar os dados de mercado?

Um investidor sempre busca as melhores opções de produtos para fazer o aporte financeiro. Logo, os dados de mercado são excelentes guias para a tomada de decisão, mostrando os melhores preços. Porém, os benefícios vão além. Confira alguns deles:

1. Diversificação de investimentos

Com o acesso às informações do mercado, é possível não só tomar decisões mais assertivas, mas também diversificar os ativos, facilitando o uso de indicadores de investimentos. Há uma maior flexibilidade no aporte, facilitando a pulverização de riscos e evitando perdas por conta de ações fracas.

As plataformas entregam dados em tempo real, mas também disponibilizam o histórico das movimentações de cada ação. Esses dois tipos de dados de mercado facilitam as escolhas, apresentando mais opções para o cliente.

2. Melhor compreensão dos riscos

Com informações ao alcance, os clientes conseguem utilizar a plataforma financeira para analisar os dados com mais cautela. Embora os preços de um produto possam parecer interessantes em dado momento, a análise do seu histórico ajuda a prever seu valor no longo prazo. Isso evita riscos e prejuízos causados por potenciais ilusórios, otimizando os resultados.

3. Valorização do negócio

Quando os clientes da plataforma são empresários, eles tendem a utilizar os dados para criar estratégias para melhorar seus valores de mercado. Nesse caso, os dados funcionam como base para identificar ameaças e traçar estratégias para aumentar a atratividade de vendas aos clientes.

4. Conhecimento de mercado

Com os dados de mercado, é possível entender como as principais empresas e/ou concorrentes se posicionam. O comportamento dos diferentes players ajuda a identificar quem são os principais competidores, observando seus pontos fortes e fracos. Além disso, os produtos de maior aporte tendem a ser mais confiáveis, favorecendo investimentos.

Quais são as possibilidades de uso no mercado financeiro?

Os dados de mercado podem ser utilizados de formas variadas, desde o acompanhamento de tendências de investimentos até as tomadas de decisão para investimentos. Por meio deles, é possível acompanhar os preços concorrentes dos seus produtos financeiros para determinar quando movimentar os ativos.

As informações também são fontes para realizar pesquisas e análises de mercado, a fim de conhecer os produtos disponíveis na concorrência e seus posicionamentos. Assim, uma organização consegue fazer negociações internas ou externas mais eficientes, tendo melhor abertura para determinar suas ofertas de ativos.

Como acessar os dados de mercado?

Há duas formas principais para acessar os dados de mercado. A primeira é por meio de feeds de notícias em sites confiáveis. A BBC e a Reuters estão entre os mais acessados, disponibilizando informações em tempo real sobre os principais ativos do mundo inteiro. As informações são integradas a partir de APIs de dados financeiros, presentes em bolsas ou plataformas de negociação.

Assim, temos a segunda forma de manter uma empresa atualizada nos dados de mercado: a partir de ferramentas especializadas. Essa é uma maneira muito atrativa para empresas que dependem de um histórico mais personalizado para as tomadas de decisão, bem como estratégias de negociação de curto e longo prazo.

Nesse caso, é necessário utilizar uma grande quantidade de informações para simular as condições do mercado em determinado momento — ou mesmo ao vivo. E o acesso a esse tipo de volumetria é muito mais assertivo em uma ferramenta de Market Data.

Para gerar esses dados em tempo real, as plataformas são, então, integradas com as APIs de investimentos, próprias para acessarem grandes quantidades de dados de mercado. Essas soluções permitem simular uma maior diversidade de cenários, gerando insights mais direcionados para tomar decisões.

Revisões de metodologia nas plataformas

Apesar da facilidade de acessar os dados de mercado, vale ficar atento à revisão da metodologia de construção das informações nas plataformas para não cometer erros, mesmo com o apoio da tecnologia.

Em março de 2022, por exemplo, houve uma mudança na construção das planilhas. Agora, as estatísticas não mais utilizam operações de empréstimos de ações. Os valores informados desde 2020 foram alterados para que essas informações fossem igualmente removidas dos anos que se sucederam.

Outra alteração prevista é nas ações da B3, em relação ao cálculo da participação de estrangeiros nas ofertas públicas (IPO e Follow On). Nesse caso, começam a ser considerados dados de liquidação das operações no mercado primário. Com isso, as inconsistências no preenchimento das informações diminuem e a facilidade para conciliação entre os dados de negociação em diferentes mercados aumenta.

Se você quer uma plataforma eficiente para ter acesso aos principais dados de mercado, precisa contar com APIs de mercado financeiro alinhadas com as mudanças e tendências do setor. Por isso, disponibilizamos no Market Data Cloud as melhores aplicações para as suas soluções. Confira!

Deixe uma resposta