home Sem categoria As 5 principais tendências para 2019 sobre UX e UI design

As 5 principais tendências para 2019 sobre UX e UI design

No Brasil, a demanda pelo profissional especializado em design de User Experience e User Interface, vem aumentando principalmente com o surgimento de diversas startups e a transformação digital promovida pelas grandes empresas.

A experiência do usuário (User Experience), muito mais do que focar na interface de uma solução, considera como uma pessoa se sente ao usar um produto ou serviço específico. São as percepções do usuário resultantes do uso de um sistema, serviço ou produto.

Quer conhecer a importância e as novidades que vêm em 2019 sobre a valorização de UX e UI? Acompanhe o texto.

A importância da UX e UI Design

Investir em boas experiências de uso e como elas podem ter um impacto na forma como as pessoas enxergam a empresa em si são extremamente importantes. Isso aumenta o valor depositado no processo e rotinas adotados dentro da organização, além de compreender e colocar o usuário como peça central nos processos e rotinas do sistema.

A Experiência do Usuário (UX) ainda é um tema que precisa ser mais explorado em diversas instituições financeiras. É uma área que desenvolve soluções pensando em todo o processo de interação do usuário, seja em produtos digitais ou não. A principal tarefa é lidar com as experiências dos usuários, exclusivamente na relação desses com o produto ou serviço.

Já a Interface do Usuário (UI) é responsável por criar, planejar e elaborar a forma como um usuário interage e controla determinado projeto, que pode ser um aplicativo, um software, um site, um produto, entre outros. Sua função é criar essa interface, uma forma simples de como o usuário irá acessar e interagir com determinada solução.

Tendências para 2019

A cada ano a User Experience (UX) traz novas tendências, desafios e pontos de discussão. Dentre as principais novidades para 2019 destacamos 5:

1. Crescimento do comando de voz

A voz continua sendo um ponto de discussão, com rápido crescimento no horizonte para 2019. A Deloitte Global prevê que a indústria de alto-falantes inteligentes valerá US$ 7 bilhões em 2019.

O comando por voz é uma tecnologia revolucionária e que se tornou protagonista para as grandes corporações como Google e Facebook.

Cortana, Siri, Alexa e Google Now, todos esses assistentes virtuais, de modo geral, possuem os mesmos recursos e o objetivo de facilitar nossas vidas. Seja agendando reuniões, mostrando o melhor trajeto a seguir, informando a temperatura ou nos conduzindo em uma pesquisa.

Amazon e Google ampliaram a atuação desses assistentes os colocando dentro de nossas casas. Esses dispositivos são o primeiro passo em direção a uma tendência que vem se estabelecendo, a tecnologia como estilo de vida.

2. 3D em interfaces e deep flat

Por uma questão de velocidade e desempenho, e também de acessibilidade, os UX e UI designers costumam evitar modelos 3D complexos em interfaces de usuário.

Combinado com uma animação, o 3D torna-se uma poderosa ferramenta de design. Atualmente é possível não apenas renderizar objetos em 3D, mas também usá-los dentro da interface. Nos últimos tempos, houve uma mudança clara a fim de adicionar profundidade e dimensão ao design plano, sem alterar a ideia principal.

Em 2019, o simbolismo plano será mantido, ao mesmo tempo que se terá uma visão realista, e as UIs 3D seguirão o caminho da simplificação e sofisticação.

3. Design surreal

O design em 3D e movimento trazidos por melhores tecnologias não terão significado se não causarem um impacto emocional. E não será necessária complexidade para causar mais impacto. O estilo cartoon de ilustração e até de UI tem um propósito – manter a frescura do look. Espera-se ver mais deste design vanguardista e surreal em 2019.

4. Gradiente 2.0, cores brilhantes e escuridão

As novas telas têm uma representação de cores fantástica, e os UX e UI designers exploram os gradientes impressionantes nas interfaces de usuário. O gradiente 2.0 é sutil e simples e não usa cores conflituosas. Tem uma fonte de luz clara e que se alinha com as formas para trazer profundidade. Em 2019 iremos ver mais cores e camadas combinadas, e menos cores vibrantes.

5. O surgimento do escritor UX

Um papel em particular que atrai a atenção é o do escritor de UX. Empresas como Google, Amazon e YouTube já têm escritores de UX em suas equipes de design, produzindo textos voltados para o usuário. A escrita UX baseia-se em dois princípios simples: ser respeitoso, por um lado, e útil, por outro. As pessoas querem saber como você pode ajudá-los.

A mentalidade UX está mudando e, em 2019 e além, os designers pensarão em termos da jornada do usuário como um todo – não apenas em termos dos dispositivos que estão sendo usados. Para saber mais, leia os materiais sobre UI e UX em nosso blog.

Gostou? Compartilhe:

Marco Tulio Barbosa Pires

Marco Tulio Barbosa Pires

Líder do time de UX/UI na Cedro Technologies. Trabalha com inovação e resolução de problemas na experiência do usuário em aplicações web e mobile, com foco no mercado financeiro. Fascinado por séries, tecnologia, inovação e user experience.