Análise de fornecedores: conheça quais dados analisar

análise de fornecedores

A análise de fornecedores é uma prática que vem sendo empregada cada vez mais por diversas empresas, independentemente do seu porte. É por meio dela que você verifica, por exemplo, a capacidade comercial do parceiro em atender às suas demandas. Por isso ela vem se tornando cada vez mais indispensável.

Escolher um parceiro de negócios de forma correta proporciona diversos benefícios, dentre eles uma grande vantagem em relação aos seus concorrentes. Já imaginou contratar um fornecedor que atrasa com frequência as entregas ou, ainda, um dos sócios estar envolvido em algum esquema antiético?

Mas você sabe o que levar em consideração na análise de um fornecedor? Descubra neste artigo e, ainda, como realizar este processo de forma automatizada.

 

Qual a sua importância para o meu negócio?

A análise de fornecedores é um processo fundamental para medir a qualidade de seus parceiros e, como consequência, do produto ou serviço que você entrega. E, com um mercado cada vez mais competitivo e repleto de opções, essa avaliação se faz cada vez mais necessária.

Além de um impacto direto na qualidade do seu produto ou serviço, a escolha de um fornecedor pode ter uma grande influência em outros aspectos. Afinal, caso seu parceiro esteja envolvido em algum negócio de risco, que envolva algo contra a lei ou fraudes, isso pode acabar prejudicando a credibilidade e o profissionalismo da sua empresa por estar associada.

 

O que devo considerar na análise de fornecedores

Existem diversos pontos a serem considerados no momento da avaliação e análise de um fornecedor, além da qualidade e custo-benefício do produto ou serviço oferecido.

Confira, a seguir, os principais dados a serem analisados:

1. Conheça o histórico e a reputação da empresa

Antes de firmar uma parceria, é essencial conferir há quanto tempo o fornecedor está no mercado. Isso permitirá saber qual é a sua experiência, quais foram as operações realizadas e a quais clientes ele atende. No entanto, o tempo de mercado não deve ser o único critério. Afinal, muitas empresas jovens também são capazes de oferecer produtos e serviços satisfatórios.

Por isso, é ideal consultar a avaliação dos clientes sobre o fornecedor. Aproveite a internet e visite o site da empresa, perfis nas redes sociais e sites de reclamações para ver como e em quanto tempo o empreendimento responde aos seus contratantes. Buscar parceiros que tenham clientes com valores parecidos aos da sua empresa também é uma boa opção.

 

2. Verifique sua estabilidade financeira

O critério estabilidade financeira também faz parte da análise de fornecedores. Em geral, empresas com problemas orçamentários não são capazes de cumprir os acordos comerciais ou devolver as quantias pagas pelos seus clientes. Com isso, aumentam as possibilidades de disputas judiciais que, claro, geram custos.

Sempre que possível, solicite os balanços, números e outros dados do fornecedor antes de fechar um negócio. Essas informações podem demonstrar a capacidade de gestão e o posicionamento da empresa no mercado, assim como contribuir para a construção de uma relação de confiança e transparência.

3. Observe seu rigor ético e a idoneidade

Além das questões econômicas e operacionais, uma análise de fornecedores eficaz é aquela que não deixa de lado os aspectos éticos e legais. Para evitar transtornos, o cumprimento da legislação por parte do fornecedor é condição inegociável.

Ele deve se manter em dia com as suas responsabilidades tributárias, trabalhistas, sociais e ambientais. Empresas que descumprem a legislação e que têm preceitos éticos duvidosos podem colocar em risco o seu funcionamento. Afinal, tanto a orientação ética quanto o respeito às leis são indicativos da confiabilidade do fornecedor.

4. Faça uma análise da teia societária e da hierarquia

A análise da teia societária nada mais é do que verificar se os sócios do seu futuro parceiro estão envolvidos em outros CNPJs, processos, esquemas fraudulentos ou antiéticos. Assim, você evita que o nome do seu empreendimento seja associado a empresas que não são idôneas.

Além disso, esta análise colabora muito para manter o compliance da sua empresa em dia. Ela mantém a conformidade da sua operação com a lei e atua na mitigação de riscos de associação com empresas suspeitas. Afinal, você conhecerá a atuação de todos os sócios.

 

Automatize sua análise de fornecedores

A utilização de métodos de avaliação de fornecedores, além de evitar a compra de um produto em desacordo com as necessidades da sua empresa, tem como objetivo confirmar o valor agregado que um determinado fornecedor traz para seu negócio.

Sabemos que a análise de fornecedores pode envolver vários colaboradores e levar um certo tempo. Afinal, muitas pesquisas precisam ser feitas. Entretanto, existe uma forma de realizar essa busca de maneira automatizada.

Com a nossa solução de Data Engine, você tem uma avaliação completa do seu fornecedor. Confira os nossos recursos:

O uso da nossa solução é essencial para que você realize uma análise assertiva e que evite riscos desnecessários para a sua operação. Ainda, como o processo é automatizado, sua equipe mantém o foco em seus afazeres e o acesso ao resultado é muito mais rápido.

Conheça o Data Engine e veja como podemos auxiliar seu negócio na redução de riscos.