home Sem categoria A transformação digital nas 7 cidades mais tecnológicas do mundo

A transformação digital nas 7 cidades mais tecnológicas do mundo

A transformação digital desponta como item obrigatório para as empresas que querem sair na frente, oferecendo mais para os seus clientes. O movimento está dando tão certo que algumas cidades do mundo já despontam como as mais tecnológicas.

E você arrisca um palpite sobre qual é a metrópole mais tecnológica do mundo? Se você acha que São Francisco reina absoluta, por conta das empresas sediadas no vale do Silício, saiba que está muito enganado!

Segundo um estudo ‘Tech Cities in Motion’, feito pela seguradora Savills, Nova York é a vencedora.  

A cidade sul-americana mais bem colocada na pesquisa foi Santiago (Chile), na 27ª posição, seguida por Buenos Aires (Argentina), em 28º. Infelizmente nenhuma cidade brasileira foi classificada entre as top 30.

Quer conhecer mais sobre as 7 primeiras colocadas? Então continue a leitura deste texto!

Saiba como foi medida a transformação digital

O índice Savills Tech Cities, que está em sua terceira edição, levou em consideração quase 100 métricas para chegar nas 30 cidades mais tecnológicas do mundo. Foram considerados desde o volume de investimentos realizados até o custo de um cafezinho. Dessa maneira foram estabelecidos quais os ambientes mais promissores para o desenvolvimento de novas empresas e startups.

As métricas foram reunidas em seis categorias: ambiente de negócios, ambiente de tecnologia, atrativos da cidade e bem-estar, oferta de talentos, custos de imóveis e mobilidade. Cada uma delas foi pensada levando em conta sua importância para o setor de tecnologia.

Conheça as 7 cidades mais tecnológicas do mundo

1. Nova York

New York - Benefícios da transformação digital às 7 cidades mais tecnológicas

Nova York é a cidade número um em tecnologia e possui uma gama diversificada de talentos dos setores financeiro e de varejo para apoiar sua oferta tecnológica. Os preços para morar podem ser altos, mas as oportunidades são ótimas: universidades de renome mundial, uma cultura focada em negócios e ligações globais, que tornam a cidade atraente para empresas iniciantes e multinacionais.

A cidade ocupa o terceiro lugar em termos de mobilidade também, com o extenso metrô facilitando a movimentação.

2. São Francisco

San Francisco - Benefícios da transformação digital às 7 cidades mais tecnológicas

As credenciais tecnológicas de São Francisco são quase numerosas demais para serem mencionadas: Twitter, Airbnb e Uber são apenas uma fração das empresas com histórias de sucesso que nasceram na cidade.

Uma ampla variedade de talentos e um rico ecossistema de negócios fazem de São Francisco um ímã para startups. A cidade também está fazendo muito em termos de mobilidade: o Escritório de Inovação da SFMTA (San Francisco Municipal Transportation Agency, agência que cuida do transporte urbano) lidera o caminho para melhorar desde a capacidade de locomoção até os serviços de compartilhamento de scooters elétricas.

3. Londres

Londres - Benefícios da transformação digital às 7 cidades mais tecnológicas

Excelentes universidades e a proximidade do aeroporto mais movimentado da Europa consolidam a posição de Londres como o terceiro lugar no ranking de Cidade Tecnológica. O que mais impressiona na cidade é a mobilidade, oferecendo uma rede de ciclovia que cruza todos os pontos da cidade e também uma extensa oferta de transporte público, inclusive com opções de bilheteira inteligente.

Como uma potência global de serviços financeiros, não é surpresa que Londres também seja uma das capitais mundiais de tecnologia financeira. Empresas disruptivas como a fintech TransferWise e o Funding Circle começaram suas jornadas nesta capital.

4. Amsterdã

Amsterdã - Benefícios da transformação digital às 7 cidades mais tecnológicas

A famosa capital boêmia e criativa é também a sede  de uma próspera cena tecnológica. Com pontuação alta tanto para o bem-estar quanto para as atrações da cidade, uma vantagem é ter uma cultura quase completamente bilíngüe (cerca de 90% falam inglês e holandês).

Amsterdã tem muito a contar como um dos principais polos tecnológicos da Europa. É uma das cidades mais amigáveis ​​do mundo e também um local agradável para explorar a pé.

5. Boston

Boston - Benefícios da transformação digital às 7 cidades mais tecnológicas

A Costa Leste dos EUA não fica muito atrás quando se trata de tecnologia. Embora as empresas farmacêuticas e de biotecnologia tenham sido tradicionalmente as grandes indústrias de alta tecnologia de Massachusetts, o comércio eletrônico, os jogos e as viagens também estão bem representados.

Tanto Bill Gates quanto Mark Zuckerberg começaram suas vidas estudantis na área de Boston. Também é um ponto forte de talentos, graças a grandes empresas como Facebook e Amazon, que localizam escritórios de pesquisa e desenvolvimento nesta cidade.

6. Singapura

Singapura - Benefícios da transformação digital às 7 cidades mais tecnológicas

Singapura está se tornando rapidamente líder mundial em Big Data. Isso começou a acontecer depois que o governo instalou sensores em toda a cidade, coletando informações sobre tudo, desde movimentos de tráfego até o comportamento da multidão.

O formidável setor financeiro da cidade-estado e a cultura voltada para os negócios contribuem para a reputação de Singapura como cidade tecnológica. Assim como sua contribuição para a indústria de carros elétricos, principalmente depois que a Dyson transferiu sua matriz para a cidade e optou por fabricar carros elétricos por lá.

7. Los Angeles

Los Angeles - Benefícios da transformação digital às 7 cidades mais tecnológicas

Lar da Silicon Beach, Los Angeles está em sétimo lugar na lista de cidades mais tecnológicas. Com centenas de startups locais, uma delas é a Space X, que projeta, fabrica e lança foguetes.

Internacionalmente bem conectada graças à proximidade do aeroporto, a cidade é a líder americana no desenvolvimento de veículos autônomos. Com um custo de vida um pouco mais barato do que São Francisco, a cidade está crescendo rapidamente como centro de tecnologia.

Conheça outros 4 insights interessantes apurados pela pesquisa

  1. As Tech Cities estão superando outros centros globais. O PIB das 30 cidades tecnológicas deverá aumentar 36% na próxima década, contra uma taxa de 19% em outras cidades desenvolvidas.
  2. O índice de transformação digital nas cidades chinesas aumentaram rapidamente, tanto que têm atraído mais investimentos do que as cidades americanas, por exemplo. Pequim registrou uma média de US$ 34 bilhões em investimentos nos últimos três anos, volume mais alto até mesmo do que os registrados em Nova York e São Francisco.
  3. As cidades chinesas também surgiram como líderes em serviços de mobilidade compartilhada. O ranking global de mobilidade da Savills colocou Londres em primeiro lugar, porém graças às inovações de transporte e a uma forma urbana propícia ao ciclismo e à caminhada.
  4. A expansão do espaço de coworking andou de mãos dadas com o crescimento do setor de tecnologia global. O custo médio de coworking para uma mesa em um escritório particular é de US$ 590, sendo que o mais alto foi encontrado em São Francisco: US$ 1.050.

São Paulo e outras metrópoles brasileiras ainda têm muito o que aprender com os exemplos mostrados neste texto, não é mesmo? Mas quem sabe no ano que vem alguma das nossas cidades consegue entrar neste ranking. Sua empresa pode ajudar! Continue lendo o Blog da Cedro Technologies para saber como a transformação digital pode impactar ainda mais o seu dia a dia.

Gostou? Compartilhe:

Karla Gondim Fonseca

Karla Gondim Fonseca

Líder de marketing na Cedro Technologies.