6 dicas para ganhar mais nos seus investimentos

18 / 01 / 2022

6 dicas para ganhar mais nos seus investimentos

Você faz as melhores decisões nos seus investimentos? Se você é um trader iniciante, pode ser que ainda tenha muitas dúvidas sobre o comportamento do mercado financeiro. 

Sendo assim, é importante compreender mais profundamente de que forma é possível aproveitar as oscilações dos ativos quando fizer investimentos de curto prazo, aumentando o seu lucro e reduzindo os riscos de prejuízos. 

Pensando nisso, elaboramos esse artigo com dicas práticas para quem está começando a investir em ações. Boa leitura!

 

O que fazer para ganhar mais dinheiro investindo como um trader?

Cada perfil de investidor possui as suas próprias características, no caso dos traders, são profissionais do mercado financeiro que tentam ganhar dinheiro em operações de curto prazo, usando a volatilidade do mercado em seu benefício.

Nesse sentido, existe a opção de fazer aplicações e obter o retorno em um mesmo dia, esse processo é chamado Day Trade. Mas também, há a possibilidade de fazer investimentos que duram de alguns dias a poucas semanas, essa modalidade é conhecida como Swing Trade.

De qualquer forma, em ambas as situações, é importante definir antes de investir na bolsa de valores quais são os objetivos específicos que deseja alcançar. Para isso, é fundamental dar atenção a 3 princípios básicos:

  • Rentabilidade: é o lucro final, ou seja, o dinheiro que o trader adquire após ter aplicado;
  • Liquidez: trata-se da velocidade em que é possível resgatar as aplicações;
  • Risco: é a probabilidade de um retorno negativo, podendo ser a condição do preço não render o que era esperado ou até mesmo a perda financeira. 

Sendo assim, confira 6 dicas práticas que podem ajudar o trader iniciante a fazer investimentos mais rentáveis e seguros. 

 

Dica 1: Analise os mercados passados 

Em primeiro lugar, antes de escolher um ativo para investir, é importante investigar como ele se comportou no passado. No caso de investimentos de curto prazo, o mais comum é observar as oscilações que ocorreram nos últimos 20 períodos (dias). 

Entretanto, não existe uma regra específica quanto a isso, você pode determinar o tempo que considera mais relevante. Porém, não deixe de dar atenção ao passado de uma ação, já que isso indica o limite de valor máximo ou mínimo que, provavelmente, vai ser capaz de atingir. 

 

Dica 2: Simule investimentos 

Antes de investir o seu dinheiro, especialmente, se você não tem experiência em investimentos, o ideal é começar fazendo simulações. 

Desse modo, você aprende as táticas e como funciona, na prática, o dia a dia de um trader, mas sem correr riscos financeiros. Assim, quando chegar a hora de investir quantias reais estará muito mais apto a alcançar um bom retorno. 

 

Dica 3: Acompanhe os gráficos

Para quem deseja fazer operações de curto prazo, como o Day Trade e o Swing Trade, é essencial fazer uma análise técnica do mercado financeiro com o intuito de reconhecer qual é o melhor momento para realizar uma aplicação. 

Essa análise é o estudo das oscilações de um ativo por meio do uso de gráficos, é uma forma de ter uma visão mais profunda sobre a diferença entre oferta e demanda. Nesse sentido, existem diversos indicadores gráficos que auxiliam na verificação, dentre esses, é interessante citar: 

  • Bandas de Bollinger;
  • MACD (Média Móvel Convergência/ Divergência);
  • Hilo Activator;
  • ADX (Índice Direcional Médio);
  • Linhas de tendência;
  • IFR (Índice de Força Relativa.

Como o acompanhamento dos gráficos, é possível identificar determinados padrões que indicam o comportamento dos preços, por exemplo:

  • Topo duplo: são suas altas seguidas, formando a figura da letra “M”, sinaliza o início de reversão para queda;
  • Fundo duplo: são duas baixas em sequência, representado pela formato da letra “W”, evidencia o início de um período de alta;
  • Triângulo ascendente: demonstra a abertura de uma temporada de aumento nos valores; 
  • Triângulo descendente: indica o começo de uma tendência de baixa nos preços;
  • Bandeira: aponta para uma desaceleração do mercado;
  • Doji: é a representação gráfica em forma de cruz, revela uma indecisão quanto ao valor, em geral, acontece quando o preço de abertura e encerramento do ativo são iguais;
  • Entre outros.

Dica 4: Compre enquanto está barato 

Após a análise gráfica, o trader está mais capacitado para tomar boas decisões sobre o melhor momento para vendas e compras de ativos. 

Com isso em mente, é válido reforçar que a ideia é efetuar compras enquanto a ação apresenta valores mais baixos, ou seja, quando está desvalorizada. Dessa forma, quando chegar o momento de venda, o retorno financeiro será maior. 

Isso acontece por o lucro ser formado pela diferença entre os valores de venda e compra. Em outras palavras, o investidor soma o preço pelo qual vendeu o ativo e subtrai pelo custo de obtenção, o resultado é a rentabilidade do investimento. 

Dica 5: Não venda quando está em queda 

Seguindo a mesma linha de raciocínio da dica anterior, para alcançar lucros maiores, é fundamental aguardar para vender nos momentos de alta, quando os preços do ativo estão maiores.

Portanto, é fundamental reconhecer os padrões gráficos da análise técnica. Desse modo, o trader é capaz de identificar quando uma tendência, provavelmente, vai sofrer uma reversão e o objetivo é sempre atuar durante esses períodos de transição. 

Sendo assim, você deve comprar quando está em queda com a previsão de subida e vender nos momentos de alta antes que o ativo entre em baixa. 

Dica 6: Inicie com pequenos valores

Muitas pessoas decidem investir na bolsa de valores porque acreditam que é um método de extrair altos retornos. Apesar desse fato ser uma realidade, é importante ter em mente que isso também significa correr maiores riscos de prejuízos financeiros. 

Assim, se você ainda é um trader iniciante, é melhor começar com investimentos de pequenos valores a fim de aprender como funciona o mercado e as técnicas necessárias para se tornar um bom investidor. 

Afinal, durante esse percurso, é provável que cometa erros e perca dinheiro algumas vezes. Por isso, o ideal é aumentar as quantias investidas gradativamente, acompanhando o ritmo de crescimento da sua experiência. 

Quer receber outras dicas como essas? Então acompanhe o blog do Fast Trade e conheça mais sobre o Mercado Financeiro!

Deixe uma resposta