home Sem categoria 5 empresas e suas inovações revolucionárias em IoT

5 empresas e suas inovações revolucionárias em IoT

Um dos temas mais falados na atualidade certamente é a Internet Industrial das Coisas (IoT) e como as empresas estão buscando ideias inovadoras para conectar todas as coisas e facilitar o dia-a-dia de todos.

O mundo está passando por uma enorme transformação digital, e acompanhá-la de perto, investir e disponibilizar tecnologia pode significar a permanência de grandes marcas no mercado de trabalho.

Empresas famosas, como Google, Microsoft e IBM, já estão colhendo os frutos de seu investimento em IoT. Suas ideias e produtos modernos são amplamente conhecidos e divulgados, mas de que forma outras empresas tão importantes quanto estão passando por toda essa transformação digital?

Neste post analisaremos o potencial disruptivo das empresas Alibaba, DHL, Hitachi, Huawei e GE e como elas estão oferecendo ferramentas inovadoras que possibilitam a IoT.

1. Alibaba

Fundada em 1999 em Hangzhou, na China, o Alibaba Group é uma empresa de e-commerce multimilionária que vê o investimento em IoT um caminho significativo para seu crescimento contínuo.

Seu principal objetivo é possibilitar a conexão de dispositivos e seres humanos por meio da fala. Desse modo, mesmo que você esteja dirigindo um carro, ainda pode  interagir com ele sem ter de olhar ou tocar na tela.

Atualmente o Alibaba está trabalhando em conjunto com o grupo SAIC para investir no ramo automobilístico. O objetivo é criar uma forma de operar um sistema inteligente por meio da fala, disponibilizando navegação, karaokê, músicas, jogos, entre outros.

2. DHL

Fundada em 1969 em Bona, na Alemanha, a DHL, empresa do setor de logística internacional e correio expresso, anunciou, no fim de 2018,  planos de implantar tecnologias emergentes em grande parte de suas instalações na América do Norte, como parte de um investimento de US$ 300 milhões.

As equipes internas da DHL fizeram inúmeras pesquisas para descobrir as necessidades dos clientes e investir em internet industrial para resolvê-las de uma vez.

Por meio de robôs colaborativos que realizam picking (processo de separação e preparação dos pedidos), aplicativos de inteligência artificial e veículos autônomos, a empresa quer fornecer tempos de entrega mais rápidos, a fim de gerenciar com eficiência as demandas flutuantes.

3. Hitachi

Fundada em 1910 em Tóquio, no Japão, a Hitachi é um conglomerado multinacional que atua em diversos setores econômicos como Energia, Infraestrutura Industrial, Máquinas de Construção, Mídias Digitais, Transportes, entre outros.

Nos últimos 3 anos a Hitachi investiu cerca de US$ 2,8 bilhões em IoT e Internet Industrial, inovando principalmente na construção de um modelo de alta eficiência, usando uma plataforma IoT, chamado Lumada. Esta plataforma disponibiliza o que há de mais moderno em inteligência artificial e análise de Big Data.

Por meio de verificações no chão de fábrica de indústrias automobilísticas, a Lumada conectará instalações, dispositivos e sistemas relacionados de várias fábricas. Tudo para prevenir falhas específicas inesperadas, aumentar a eficiência do trabalho de manutenção, adquirir e analisar informações de produtos para estabilizar ainda mais a qualidade.

4. Huawei

Fundada em 1987 em Shenzhen, na China, a Huawei é a maior fornecedora de equipamentos para redes e telecomunicações do mundo.

A empresa entende que, no futuro, todos os dispositivos em IoT presentes em nosso dia-a-dia, ou na internet industrial, precisarão de redes de área ampla de baixa potência (LPWANs) por conta do alcance da cobertura, baixo consumo de energia, baixo custo, entre outros.

As LPWANs (em inglês, Low Power Wide Area Network) conectam milhares de “coisas”, porém não atendem às tecnologias de redes celulares, chamadas Wide Areas, para distâncias superiores a 300 m. A Huawei, então, criou o NB-IoT, similar às LPWANs, porém de longo alcance, adequado para o uso em celulares, como o 4G.

Além disso, a Huawei inaugurou, no fim de 2018, um novo laboratório de IoT em Sorocaba, no Brasil, dedicado ao desenvolvimento de tecnologias e mão-de-obra para uma nova era de telecomunicações.     

5. GE

Fundada em 1982 em Nova Iorque, Estados Unidos, a General Electrics é um conglomerado que atua nas áreas de aviação, software, conexões de energia, pesquisa global, assistência médica, entre outros.

Embarcando na Internet Industrial, a empresa criou a plataforma Predix, um importante auxiliar no desenvolvimento, implantação e operação de aplicativos industriais de edge computing e na nuvem. Ela é capaz de conectar máquinas, dados e análises com segurança para melhorar a eficiência operacional.

A GE ainda possui inúmeros projetos que utilizam a internet industrial para auxiliar outros ramos, como o aeronáutico.

Em dezembro de 2018 a empresa investiu US$ 1,2 bilhão na criação de uma área de IIoT responsável pelo portfólio de soluções que já faziam parte da GE Digital, como a própria Predix, GE Power Digital, Grid Software Solutions, entre outros.

Neste post mostramos como 5 empresas gigantes têm investido seu tempo e dinheiro no desenvolvimento de soluções que auxiliem nosso dia-a-dia e melhorem a eficiência das indústrias.

Se você se interessa por tecnologia e quiser conhecer mais sobre transformação digital, clique aqui e leia o blog da Cedro Technologies.

Gostou? Compartilhe:

Bruno Zago

Bruno Zago

Diretor Comercial e de Marketing da Cedro Technologies.