home Sem categoria Market Data: o sinal de informações da BM&FBOVESPA

Market Data: o sinal de informações da BM&FBOVESPA

Em 2007, a Bolsa lançou o Acesso Direto ao Mercado (em inglês, DMA – Direct Market Access), que passou a permitir aos clientes finais o envio de ofertas diretamente ao ambiente de negociação eletrônica da BM&FBOVESPA por intermédio e autorização de sua corretora.

Desta maneira, para atender ao modelo de DMA, as corretoras investiram em infraestrutura, software de negociação eletrônica (electronic trading) e algorithm trading. Além disso, muitos clientes finais investiram em seus próprios softwares (adquiridos no mercado) ou até mesmo no desenvolvimento de serviços proprietários para tomada de decisão ou acompanhamento de mercado.

Market Data – o Sinal de Informações da Bolsa

Isto possibilitou uma enorme automação dos negócios em ambiente eletrônico e toda a indústria de mercado de capitais (do cliente final, corretoras, agentes autônomos fundos, bancos até a BM&FBOVESPA) passou a ter necessidade de acompanhar as ofertas, negócios e dados derivados. Estes dados são chamados de Market Data – ou Sinal de Informações da BM&FBOVESPA.

Não importa se o objetivo é executar o trading ou realizar operações de pré ou pós-trading; os dados são essenciais para qualquer fase da negociação.

Para se ter acesso ao Market Data da BM&FBOVESPA, os usuários podem acessá-lo se tornando um vendor da BM&FBOVESPA ou buscando uma melhor opção por meio de um vendor autorizado, como a Cedro Technologies.

Crystal Data Feed

A Cedro oferece o serviço de Market Data da BM&FBOVESPA através do Crystal Data Feed para milhares de usuários no Brasil e no mundo em um amplo formato e possibilidades tecnológicas de entrega:

  • Em tempo-real e streaming: via protocolo CMP (Cedro Message Protocol) baseado em conexão permanente sob TCP/IP com consumo via internet, VPN ou links dedicados
  • Em tempo-real e snapshot: via serviços de XML/JSON com o consumo via internet

Para quem precisa de infraestrutura, temos o Compute on Demand (CoD) especializado em mercado financeiro, permitindo que os clientes possam hospedar suas aplicações no próprio datacenter da Cedro e receber os dados, além do protocolo CMP (Cedro Message Protocol) e XML/JSON em formato UMDF (Unified Market Data Feed) no barramento de rede gigabit. O UMDF oferece serviços de última geração de difusão de sinal e com baixa latência para os clientes da BM&FBOVESPA.

demo crystal data feed market data

Gostou? Compartilhe:

Leonardo Reis

Leonardo Reis

Leonardo Reis é CEO da Cedro Technologies e entusiasta de inovações tecnológicas que revolucionam a sociedade, o mundo e o modo como vivemos.