home Sem categoria Iniciando um repositório no Git para iniciantes

Iniciando um repositório no Git para iniciantes

Desde que entrei na Cedro, o Git esteve bastante presente no meu dia-a-dia e ele nada mais é que uma das ferramentas de versionamento mais utilizada atualmente no desenvolvimento de software, que vem cada vez ganhando mais importância. E você, já está familiarizado com ele?

Esse artigo tem como objetivo introduzir conceitos e comandos básicos que existem no mundo do Git.

Antes de começarmos precisamos entender o fluxo de trabalho do Git, que consistem em 3 partes. A primeira é o seu diretório de trabalho local (Working Directory). A segunda é a Index (Stage) que nada mais é do que uma área temporária. E por último a HEAD que aponta para o último commit que você fez.

Primeiramente você precisará instalar o Git em sua máquina: Windows, Mac OSX e Linux.

Para criarmos um repositório será necessário criar uma pasta, após isso abra ela e execute o comando “git init“.

Iniciando um repositório no Git para iniciantes

Temos duas formas de obter uma cópia local de algum repositório, a primeira é quando usamos um servidor remoto, através do comando “git clone usuário@servidor:/caminho/do/repositorio”, a segunda é com o uso de um repositório local que foi anteriormente inicializado, executando o comando “git clone /caminho/do/repositório”.

Após iniciar ou clonar o repositório, adicione seus arquivos nele (Working Directory). Quando terminar você pode utilizar o comando “git status” para poder ver os arquivos que foram alterados.

 

Ao executar o comando “git status” ele irá acusar, em vermelho, os arquivos que não foram adicionados ao commit e apresentará a mensagem de que não há qualquer commit, porém possui arquivos que foram adicionados ou alterados para incluir.

 

Iniciando um repositório no Git para iniciantes

Existem duas maneiras de adicionar seus arquivos ao commit. A primeira seria um “adicionar todos os arquivos que foram adicionados ou alterados” utilizando o comando “git add .” . Já a segunda seria “git add <file>” onde “<file>” seria o arquivo, adicionando um arquivo por vez. Quando você executa esse comando, o arquivo passa do Working Directory para o Index (Stage).

Iniciando um repositório no Git para iniciantes

 

Em seguida você pode utilizar novamente o comando “git status” e visualizar que os arquivos adicionados ficaram verdes.

Iniciando um repositório no Git para iniciantes

Para poder fazer o commit dessas mudanças, você precisará executar o comando “git commit -m “comentário da alteração””. Dessa forma, os arquivos passam do Index (Stage) para o HEAD, porém ainda não para o repositório remoto.

Iniciando um repositório no Git para iniciantes

As alterações que foram adicionadas no commit estão no HEAD da sua cópia de trabalho local. Caso você não tenha clonado um repositório remoto existente e queira conectar o seu repositório local a um servidor, execute o comando “git remote add origin <sevidor>” em seguida “git push -u origin master”. Dessa forma, poderá enviar suas alterações para o servidor escolhido. Eu utilizei um repositório remoto, o GitHub.

Iniciando um repositório no Git para iniciantes

A “master” é a branch onde será enviado, pois como não usaremos outras branchs nesse artigo, utilizaremos a padrão.

Por fim você pode atualizar o repositório local com a versão mais nova do repositório remoto, executando o comando “git pull”.

Iniciando um repositório no Git para iniciantes

 

Gostou? Compartilhe:

Murilo Medeiros de Jesus

Murilo Medeiros de Jesus

Graduando em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, estagiário na Cedro Technologies e entusiasta de novas tecnologias.