home Sem categoria Está na hora do Machine Learning em seus negócios?

Está na hora do Machine Learning em seus negócios?

Em uma pesquisa recente do MIT Technology Review – que abrangeu empresas de todo o mundo, com uma gama bem diversificada de tamanho, estrutura e setores – apontou que o Machine Learning (ML) já está trazendo os primeiros retornos às empresas que estão utilizando. Não só trazendo competitividade, como ganhos substanciais em seus negócios. E é sobre isso que falaremos neste artigo.

O que é Aprendizado de Máquina (Machine Learning)?

O aprendizado de máquina (ML) pode ser descrito com um conjunto de técnicas computacionais e estatísticas que podem ser aplicadas em diversas áreas, desde a medicina até os negócios. Estes algoritmos, permitem que  as máquinas aprendam sobre um certo campo de análise, podendo trazer respostas rápidas e precisas para o campo a qual foi “treinada”. Pensando nos negócios podemos incluir: comportamento de compras de clientes, tendências de visão e de expectativa sobre um certo produto, análise do sentimento dos  clientes (sem aplicar uma pesquisa invasiva e imprecisa), análise e planejamento de estoque, melhorias de processos internos, etc. E com o poder computacional em constante desenvolvimento, cada vez mais o ML se torna uma realidade no nosso dia a dia.

Quais são os benefícios esperados?

Atualmente, entre os benefícios esperados, estão, principalmente, o entendimento do comportamento dos clientes para que as empresas possam adequar os seus negócios a este comportamento. Sabendo dos seus desejos e tendências  para que não só os fidelizem, mas que também possam dar um passo antecipado na conquista de novos clientes.

No que se trata à questão exploratória dos dados, as análises vão desde o comportamento de compras, como dito anteriormente, até a classificação da análise emocional na web, ditando assim, a opinião destes clientes sobre a empresa e trazendo para o ambiente interno dados essenciais para mudanças de comportamento e estratégias, com estas adequações voltadas principalmente à melhoria do atendimento e dos produtos oferecidos.

Outro ponto relevante é para a melhoria dos processos internos, seja para o atendimento, seja para a melhoria e gestão de estoque, trazendo não só reduções de custos e lead time, como um estoque sadio e mais adequado às necessidades regionais dos clientes.

Machine Learning utilizada como ferramenta de planejamento

O ML vem se tornando também uma ferramenta essencial para o planejamento das empresas. O planejamento tradicional, aos poucos, vem dado lugar ao ML, trocando as atividades manuais pelas automatizadas. Nas análises manuais, a busca das respostas mais parece como encontrar “uma agulha em uma palheiro”, com uma análise lenta, muitas vezes míope e tendenciosa. Já a análise através de ML, além de ser rápida, com centenas ou até mesmo milhares de cruzamento de variáveis de dados coletados, que até então, seriam impossíveis serem feitas por um humano, é precisa e sem o envolvimento emocional de uma pessoa ou setor que cuidaria de tal análise.

Os dados analisados através do ML trazem informações que poderiam, em muitos casos, terem passado despercebidas em uma análise manual. E com o ML, o cruzamento de dados pode ser bem mais profundo e adequado às necessidades da empresa.

Qual o tamanho das empresas que podem utilizar o Machine Learning?

O mais interessante é que as técnicas de ML podem ser usadas independentemente do tamanho da empresa. Sobretudo, porque atualmente, os dados para a coleta são gerados a todo instante e se bem coletados, podem trazer ótimos resultados a um custo bem mais baixo do que se pensa.

As iniciativas para a adoção do ML, deve surgir como uma necessidade de avanço tecnológico e de planejamento, encontrando novos caminhos para novos comportamentos e produtos.

Quais são os desafios para a implementação do Machine Learning?

Claro que nem tudo são flores, para uma boa resposta é necessário uma massa de dados de qualidade. E é aí que está o atual desafio, como colher os dados, compreendê-los e torná-los em ações competitivas.

Outro ponto primordial é saber fazer as perguntas certas, para que assim possam ter as respostas reais para o negócio. Mas, para “afinar” as respostas dentro das empresas, é necessário iniciar a utilização das técnicas de ML, e assim, como uma melhoria contínua, ser capaz de atingir as perguntas certas. Digo perguntas, pois se forem bem feitas trarão uma resposta bem específica e apurada, com aplicação adequada ao negócio.

E os próximos passos?

O olhar tem que estar sempre a frente e o ML pode auxiliar as empresas a terem uma rápida noção da mudança de comportamento de clientes. Assim, as ações para mudança de rota podem ser mais dinâmicas, conforme as tendências deste comportamento. O ML ainda engatinha nas empresas, porém já não há mais volta! A única certeza é que cada vez mais sua relevância se tornará primordial para o desenvolvimento e planejamento das empresas.

E respondendo a pergunta do título: sim, está na hora de iniciar com o Machine Learning em seus negócios.

Gostou? Compartilhe:

Gilberto Olimpio Junior

Gilberto Olimpio Junior

Analista de negócios na Cedro Technologies, desenvolve projetos estratégicos para o mercado financeiro. É cientista da computação, mestrando em Inteligência Artificial, com ênfase em Machine Learning pela Universidade Federal de Uberlândia. Apaixonado por tecnologia, principalmente, aquelas voltadas ao Machine Learning e Data Mining.