home Sem categoria Desenvolvimento de software: é melhor terceirizar?

Desenvolvimento de software: é melhor terceirizar?

O desenvolvimento de software é uma das áreas mais dinâmicas da tecnologia da informação. Novas ideias e necessidades surgem todos os dias, para gerenciar processos e negócios nas mais diversas corporações espalhadas pelo mundo.

Mas diante de tanta demanda, qual a melhor solução para a sua empresa? Desenvolver in-house ou terceirizar com uma empresa especializada?

Nesse post, vamos falar um pouco sobre esse assunto, sobre as vantagens e as desvantagens de cada alternativa e auxiliá-lo a encontrar a melhor estratégia para a sua empresa.:

Qual o porte de sua empresa?

Geralmente, pequenas empresas apresentam demandas menores de TI, o que pode dispensar a necessidade de uma equipe interna para desenvolver soluções. Já as grandes corporações, têm demandas complexas e urgentes, que exigem soluções tanto de hardware quanto de software para gerenciar o negócio.

Apesar de a terceirização ser mais usual em pequenas empresas, nas de grande porte também não se exclui a possibilidade da terceirização, ficando a equipe de TI interna para alinhar o desenvolvimento com a diretoria e para acompanhamento e validação das soluções desenvolvidas por terceiros.

Redução de custos

Reduzir custos sem prejudicar o bom funcionamento do negócio é o objetivo principal de todo bom gestor. Geralmente, o investimento em equipes internas para desenvolvimento de software sai bem mais caro do que o planejado.

Além disso, investir em treinamentos e capacitação para toda a equipe, gestão dos projetos desenvolvidos e lidar com a possibilidade da falta de conhecimento, suficientes para resolver as dificuldades que surgem durante um projeto, pode ser uma tremenda dor de cabeça.

Empresas focadas em desenvolvimento de software geralmente contam com uma equipe multidisciplinar com profissionais dos mais diversos níveis, capazes de discutir entre eles e encontrar boas soluções para as dificuldades encontradas durante o desenvolvimento de software.

Projeto do software

Por se falar em projeto de software, desenvolver in-house pode significar colocar a mão na massa sem qualquer metodologia bem formada e sem qualquer documentação e padronização para o desenvolvimento de softwares.

Já o desenvolvimento terceirizado e realizado por boas empresas passa por metodologias, padrões de projeto e pela escrita de documentação conceitual e técnica que garantem uma maior assertividade da solução no futuro.

Geralmente, essa documentação envolve desde a concepção inicial do projeto até a análise técnica, construção e implantação (instalação) do software no ambiente do cliente.

Foco no negócio

É bem verdade que não dá pra “abraçar o mundo”. Em dias cada vez mais corridos, focar no core business de sua empresa pode ser a chave para o sucesso. Gerir um projeto de software toma tempo e exige pelo menos um profissional com nível gerencial para acompanhar a equipe de desenvolvimento.

A menos que sua empresa tenha a disponibilidade de um profissional para isso, tirar o foco do seu negócio pode implicar em um gargalo e em prejuízo.

Também não podemos esquecer dos benefícios gerados pela implantação de um bom software. Nesse caso, focar por um tempo no desenvolvimento de uma solução que otimize tempo e aumente seus ganhos pode ser uma boa ideia.

Como vimos, tudo depende do porte de sua empresa, da disponibilidade de se montar uma equipe interna e do capital disponível para investimento. Porém, na maioria das vezes, focar no negócio é a melhor opção.

Rotatividade de pessoal

Bons profissionais desenvolvedores de software são joias raras. Costuma ter uma grande disputa por eles entre empresas do mesmo ramo. Sabendo disso, empresas especializadas valorizam seus profissionais para combater a rotatividade e, também, estão preparadas para substituir um profissional por outro de mesmo nível para atender as demandas.

Empresas que têm equipes ou um profissional de TI internamente podem enfrentar sérios problemas para finalizar um projeto de software, caso seja necessária a saída de um ou mais deles.

A gestão de pessoal e equipe exige bastante da empresa que opta por possuir uma equipe interna e, nesse caso, a terceirização apresenta maiores vantagens.

Retorno do investimento

Com prazos bem definidos e o fim do projeto, agora é a hora de utilizar a solução desenvolvida e obter os seus benefícios. Com as melhorias geradas na gestão de seu negócio, é possível realizar facilmente o pagamento dos serviços prestados e garantir um bom retorno sobre o investimento.

Manutenção e evolução constante

Após a implantação e uso do sistema, surgem as necessidades de melhorias e até mesmo a correção de bugs.

Garantir o atendimento das necessidades dos departamentos internos em tempo hábil significa garantir o bom funcionamento do negócio, sua evolução e melhoria de processos. Ter a experiência de uma empresa especialista pode significar uma maior certeza de atendimento das demandas.

Isso não dispensa o alinhamento com uma equipe de profissionais interna e que esteja acompanhando o projeto. Em grandes corporações a equipe interna de TI pode também atuar no desenvolvimento dessas soluções com agilidade.

Confiabilidade

Atualmente, existe muita resistência e desconfiança por parte dos empresários ao contratar o desenvolvimento de software, o que leva muitos deles a olharem para a montagem de uma equipe interna como solução. Isso porque muitos deles já se decepcionaram com investimentos em softwares que simplesmente não funcionam ou que não atenderam às suas necessidades.

Se optar pela terceirização, tenha confiança em seu fornecedor. Obtenha referências e opte por empresas de credibilidade! Essas empresas oferecerão todas as características citadas neste post para projetos de software de qualidade e que atendam às necessidades de gestão de seu negócio.

Antes de tomar uma decisão, é preciso fazer a análise de alguns fatores e definir a resposta para questões, como:

  • Qual a melhor solução para a sua empresa? Terceirizar ou desenvolver in-house?
  • Qual o porte de sua empresa?
  • Qual o capital disponível para investimento?
  • Você acredita que montar uma equipe interna de TI pode ser uma tarefa fácil ou difícil?
  • Você acredita ser possível focar em seu core business com a montagem de uma equipe interna e o projeto de softwares internamente?
  • Você tem conhecimento suficiente para gerir pessoas?
  • Você pretende reduzir custos com pessoal ou investir no aumento da equipe?

O que achou das nossas dicas? Elas contribuirão para você decidir se terceirizar é a melhor solução para a sua empresa com relação ao desenvolvimento de softwares? Compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem melhor sobre esse assunto.

Gostou? Compartilhe:

Eduardo Finzi

Eduardo Finzi

Eduardo Finzi é Diretor de TI da Cedro, com experiência como cientista da computação em empresas do segmento atacadista, telecom e financeiro.