home Sem categoria Alocar ou contratar: o que é melhor para sua empresa?

Alocar ou contratar: o que é melhor para sua empresa?

Neste período de economia com baixo crescimento, a redução de custos passa a ser perseguida com mais afinco pelas empresas. A produtividade, neste sentido, também precisa ser potencializada. E é aí que surge a dúvida: contratação ou alocação de profissionais? Qual é a melhor opção para atender aos projetos da minha empresa?

Neste artigo, vamos conversar sobre isso. Você entenderá o que é a alocação de profissionais para decidir se ela é uma boa opção para o seu negócio.

Leia também: Entenda a importância do planejamento estratégico para sua empresa.

Alocação de profissionais: o que é e quais são os benefícios

Contratações erradas são sempre graves, mas se tornam ainda mais num momento em que há baixo crescimento da economia do país. É hora de produzir mais e melhor com menos recursos. Por isso, ter pessoal altamente qualificado nos projetos da empresa é fundamental.

Uma excelente alternativa é, portanto, a alocação de profissionais, que nada mais é do que a distribuição dos colaboradores que já fazem parte do time nos diversos projetos da empresa. Ao invés de contratar equipes para cada projeto, os colaboradores já contratados são alocados nos projetos e respondem por múltiplas tarefas conforme suas habilidades e experiências.

Conheça os principais benefícios dessa prática:

  • Gera redução de custos (folha de pagamentos)

Equilibrando as horas trabalhadas e fazendo um bom gerenciamento dos projetos, é possível fazer com que os colaboradores participem de múltiplos projetos. Isso faz com que a empresa não precise fazer novas contratações, o que reduz muito os custos.

  • Traz melhor aproveitamento dos talentos

Muitas vezes, a equipe interna é mal aproveitada porque as pessoas passam muito tempo desenvolvendo as mesmas atividades. Elas não têm oportunidades de mostrar que também podem contribuir com outros projetos, o que pode ser frustrante.

Ao alocar um profissional para mais de um projeto, além de aproveitar melhor a força de trabalho, a empresa também está mostrando que reconhece os múltiplos talentos e está disposta a avaliar seu desempenho em outras atuações.

  • Evita desgastes e gastos com contratações de última hora

Com a equipe totalmente alocada nos vários projetos (o ideal é que o time esteja 80% alocado), os gestores conseguem visualizar melhor as reais necessidades de novas contratações. Assim, em vez de sair correndo para fazer novos processos seletivos para “tapar buracos”, é mais fácil planejar e executar a contratação de profissionais para completar as equipes que por ventura estão defasadas.

Contratações de última hora podem custar mais caro e também são passíveis de erros (escolhas erradas de profissionais).

  • Otimiza o tempo de treinamento e adaptação da equipe

Conforme os escopos dos projetos, o tempo de aprendizagem de novos profissionais pode ser longo. Há o período de entendimento do core business, além das especificações dos projetos em si.

Ao alocar os colaboradores que já fazem parte do time, a empresa diminui significativamente esta curva de aprendizado, pois os profissionais já estão melhor integrados, já conhecem o negócio e podem colaborar entre si de uma forma mais coesa e fluida.

E você, já faz alocação de profissionais nos diversos projetos da sua empresa? Deixe um comentário!

Gostou? Compartilhe:

Eduardo Finzi

Eduardo Finzi

Eduardo Finzi é Diretor de TI da Cedro, com experiência como cientista da computação em empresas do segmento atacadista, telecom e financeiro.