home Sem categoria 3 benefícios do Certificado Digital

3 benefícios do Certificado Digital

Pagar seus boletos e consultar os dados da sua conta sem sair de casa, enviar e receber documentos diversos, realizar compras e se comunicar com pessoas do mundo interior: essas são só algumas das muitas facilidades que a internet trouxe para o nosso dia a dia.

Desde as ferramentas mais básicas, como a simples armazenagem de documentos e planilhas na nuvem, até àquelas mais elaboradas, como é o caso dos softwares de ERP e CRM e de todas as ferramentas de Marketing Digital, dependem de uma boa conexão com o mundo online.

E para que possamos realizar todas essas atividades pessoais e profissionais com tranquilidade, é preciso garantir a segurança e a autenticidade dos dados que serão enviados e recebidos pela rede. E é justamente aí que entra o Certificado Digital.

O que é e para que serve um Certificado Digital?

Na vida real, o que garante a autenticidade de qualquer documento legal é a assinatura publicamente reconhecida de seu emissor, certo? Bom, no mundo digital, o processo é basicamente o mesmo.

Nele, o que garante que os dados trocados são autênticos e que não sofreram nenhum tipo de adulteração é o Certificado Digital – que equivale a uma “assinatura virtual” da pessoa ou site que gerou aquela informação.

Dessa forma, é possível garantir que a informação recebida é válida, tendo sido de fato emitida pela pessoa ou site que acreditamos. Além disso, o uso de um Certificado Digital confere validade jurídica à essas informações, assim como acontece com as assinaturas em documentos não virtuais.

Como funciona um Certificado Digital?

Embora funcione como uma assinatura, na prática, um certificado digital é um arquivo eletrônico que utiliza chaves públicas e privadas de criptografia para garantir a segurança dos documentos e informações por ele validados.

As chaves públicas de criptografia funcionam como a autenticação das assinaturas físicas em cartório: elas servem para garantir que o emissor daquela informação é, de fato, quem diz ser. Já as chaves privadas de criptografia ficam em posse da pessoa ou empresa que adquiriu a certificação digital.

Na hora de emitir os documentos que levarão o certificado digital, o proprietário da certificação pode contar ainda com um sistema de senhas PIN e PUK, de acordo com o modelo de certificação adquirido, que vão ajudar a garantir a inviolabilidade dos dados gerados.

Quem emite uma Certificação Digital?

Quem emite um Certificado Digital são as empresas especializadas em segurança da informação, normalmente conhecidas como Autoridades Certificadoras. No Brasil, as Autoridades Certificadoras precisam ser credenciadas no ICP-BRASIL (Infraestrutura de Chaves Públicas) para que seus certificados tenham validade jurídica em território nacional. Por isso, antes de adquirir o seu Certificado Digital, é sempre recomendado consultar o cadastro da empresa junto ao ICP-Brasil.

Os benefícios de uma Certificação Digital

Uma certificação digital é o meio mais simples, prático e eficiente de garantir a segurança dos dados recebidos e emitidos pela sua empresa. Hoje, já estão disponíveis no mercado diversos tipos de certificação digital, todas contando com tecnologia de ponta para atender aos mais diversos segmentos. Todas elas oferecem os mesmos três benefícios principais:

  1. Maior segurança para a sua empresa: a certificação digital, A1 ou A3, vai garantir que os documentos emitidos pela sua empresa não sejam alterados por terceiros, evitando assim fraudes e prejuízos para você e seus clientes. Além disso, o uso de criptografia na troca de dados torna a transmissão muito mais segura, dificultando o acesso destes por terceiros.
  1. Maior agilidade na emissão de documentos: a utilização de certificação digital A1 ou A3 vai permitir que a sua empresa gere documentos fiscais como as NF-e de forma muito mais ágil, favorecendo a integração deste processo ao uso de sistema ERP online, por exemplo. Caso a sua empresa emita um grande volume de documentos fiscais, nossa dica é investir em um certificado digital modelo A1, modelo que pode ser utilizado por diversos computadores ao mesmo tempo. Já a certificação A3 tem a vantagem da portabilidade, visto que a chave criptográfica privada é armazenada em um token USB ou em um Smartcard que podem ser levados em viagens, por exemplo, e utilizados para geração remota de documentos oficiais.
  1. Redução de custos: Ao optar por uma certificação digital, a sua empresa reduz os custos com geração, impressão e armazenagem de documentação em papel. Isso para nem mencionar a agilidade no envio da documentação para o seu departamento financeiro, contador ou até para a Receita.

E a sua empresa?

Quais as ferramentas de segurança de dados que a sua empresa já utiliza? Quais as mais eficazes e com melhor custo-benefício na sua experiência pessoal? Não deixei de comentar aqui neste artigo e participar da discussão.

Gostou? Compartilhe:

GestãoClick

GestãoClick

Sistema de gestão para pequenas e médias empresas que trabalham com vendas de produtos e/ou prestações de serviços.